Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



outra estrutura na continuidade

por neves, aj, em 13.03.06

... outra estrutura na continuidade!

Precavendo o futuro, tornava-se necessária a criação do Voz do Seven 2

A razão nãose prenderá directamente com o envelhecimento do Voz do Seven, metáfora quedeve ser entendida como possuir ainda bastante espaço disponível (mais de umterço do espaço total oferecido pelo Weblog.com.pt,apesar de andarmos um pouco preocupados visto que a quota de tráfego mensal aumenta assustadoramente o que podelevar futuramente o Voz do Seven a ficar privado de antena uma boaparte do mês). As razões deste novo espaço, se as há, prender-se-ão mais com aquelanecessidade intrínseca de quem avança nos anos e deseja ver-se rodeado dejuventude, qual pai faminto em tornar-se pai dos filhos de seus filhos, noentanto avô liberal arredio ao tempo volta p'ra trás, um velhotefixe ou legal livre de pensamentos conservadores e preconceituosos e simapologista de ideias novas saltitando à sua volta como bola colorida nasmãos de uma criança

Assim, a ideia de gerar um (outro) filhovem há muito a perseguir-nos, talvez um pouco à semelhança  da ânsia que toma conta de jovemcasalzinho acabado de juntar os trapinhos. A questão primeira que se colocou na nossa mente,e pelo que se pode deduzir do que acabámos de dizer anteriormente, foi se esse filho serianosso ou se seria filho de nosso filho. Optámos por esta segunda hipótese,porque para já estamos muito felizes com o filho que temos e que muito amamos,felicíssimos demais como por aqui se poderia dizer, e, verdade sejadita, já foge àsnossas pretensões gerar mais algum e por outro lado desejamos um Voz do Seven 2(ainda) mais jovem, de linhas (e cores) ainda mais leves e harmoniosas, uma Vozmais graciosa e melodiosa, um Seven menos pesadão sem aqueles selos ou bannersque abusadamente colocámos na primeira versão (apesar de que para usufruirmosde certas mordomias a colocação de alguns se torna indispensável, tanto porrazões éticas como por questões penais ou seja privadosde tais privilégios)... talvez então, o Voz do Seven 2 seja o toquefeminino, o charme que faltava.

Apesar de tudo,o Voz do Seven 2 não é um desafio. Pelo menos a curto prazo. Ele, jánem sei se será ela, não é projecto imediato e terá, também deverá, de crescerlentamente sem pressas. Enquanto isso o progenitor, Voz do Seven, continuará asua labuta até que a voz, espaço disponível, lhe doa. Não sabemos se a analogia será perfeita, mas digamosque é nosso desejo que Voz do Seven 2 (a omissão do artigo éproposital) seja um ramo dessa árvore/livro há tempos plantada, comnascimento programado, um ramo que será alimentado natural e progressivamentesem químicos nem aditivos para um crescimento apressado, precipitado edescontrolado. No entanto, acautelem-se os menos avisados, porque se a estruturaaparente modifica, a linha mestra do Voz do Seven 2 não desviará, a suaseiva continuará a ser elaborada pela mesmo pensamento e modo de agir, apesarde jamais avesso a mudanças, e a partir das mesmas raízes primárias ouprimeiras... será  assim outra estrutura na continuidade dafamília Seven que, em requerida interactividade, poderá e sempre que o deseje,à distância de um clique, visitar a casa-mãe ou do pai, melhor dizendo,regressando do mesmo modo e num saltinho ao seu espaço em crescimento.

Ave Voz doSeven 2!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:33




calendário

Março 2006

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031