Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



de 2 para 2 e 30

por neves, aj, em 30.11.06

15 por cento!...

Hoje não saio de casa e vou guardar para amanhã o que podia fazer hoje.Tamanhacontrariedade ao velhinho (e bem sábio) provérbio popular prende-se mais coma chuvada (por aqui deve dizer-se chuvarada) que logo pela manhã brindou a VilaMadalena onde resido, do que com alguma forma de protesto contra osanunciados aumentos nos transportes públicos...

15 por cento... no ônibus (lembramos que é o autocarro por terras lusas),aos dois reais de ontem o mortal cidadão de S. Paulo já tem hoje queacrescentar 3 moedinhas de 10 centavos... R$ 2,30... ora toma lá que édemocrático, como costuma dizer o meu povo que, quando se trata destas coisasde aumentos, também costuma interrogar afirmativamente... ai votaste neles?

Aos protestos da população(infelizmente ténues e só da parte de estudantes)responde o Secretário de Transportes doMunicípo de S. Paulo (atente-se que falamos de um serviço municipalizadoembora terceirizado) que blá, blá... haverá um aumento e melhoramentoda frota, que blá, blá... embora ainda surjam falhas, o serviçomelhorou bastante nos últimos meses e blá, blá...

Photobucket - Video and Image Hosting

catraca, afinal um torniquete de controle de pagamento, que nos ônibus é assim 

pois, pois... se o digníssimo Secretário deixasse por um dia o "mercedes"na garagem e se colocasse na fila interminável (corrigimos para amontoado depessoas que até a fila é difícil de construir) de certos pontos de ônibus etivesse que esperar "p'lo próximo que deve vir menos sobrelotado ",mais... se o senhor Secretário (que poderia perfeitamente ir acompanhado pelosenhor Prefeito, o luso Presidente da Câmara) fosse obrigado a viajar em pé emveículo onde as pessoas vão como sardinha em lata (ou pior) constantemente apedir desculpa ao vizinho por mais um encontrão motivado por travagem (oubrecagem) forçada ou porque um buraco qualquer no asfalto se atravessou nocaminho e, mais ainda... se o senhor Secretário  fosse confrontado com asituação de acompanhante de pessoa com dificuldades de locomoção, entãocertamente pensaria duas vezes e não emitiria tamanha... opinião, e até eracapaz de concordar que certas leis como aquela de reserva de lugares paragrávidas, idosos ou pessoas com dificuldades são impossíveis de colocar emprática em ônibus apinhados de gente que quase nem permitem a entrada de maisalguém. Ah... e, já que não estamos aqui para bater em centeio verde, nemtrazemos à tona o caos que se instala, com o stress a tomar conta do maispacato dos cidadãos, quando está tempo de chuva.

Quanto ao metropolitano, abreviado para metrô por aqui e simplesmente metroem Portugal, cujo serviço, confessamos e salientamos como bom(aparte as horas de ponta ou de rush, mas até se compreende) e só se lamentaque (ainda) não perfure toda a cidade, sofreu um aumento de 9,5% (noveponto cinco por cento) passando dos dois reais e dez centavos para iguais R$2,30.... digamos que a uniformização dos tempos globais tomou conta (também) dos transportes já que obilhete de trem (comboio) passou para igual valor.

Que fazer? Pagar e não bufar, como se dizia antigamente no Portugalcinzento? Na... na... pagar, vamos pagar, mas bufar também está no nossodireito... e aqui se regista o nosso protesto!

Photobucket - Video and Image Hosting

Já agora... esclareça-se que a integração com o bilhete único (que dádireito a uma viagem de metrô ou trem e até três de ônibus) passou de R$3,00 para R$ 3,50, o que, em termos práticos, acarreta uma despesa mínima de 7reais para quem se desloca diariamente e necessita de "tomar mais do queuma condução"... se multiplicarmos por 22 dias úteis do mês dá o totalde 154 reais, importância que é mais de quarenta por cento dos R$ 350,00 de salário mínimo...complicado, não?

TransportesPúblicos em São Paulo
Photobucket - Video and Image Hosting Photobucket - Video and Image Hosting Photobucket - Video and Image Hosting

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:18

Lula da Silva em África

por neves, aj, em 30.11.06

Para nós, Voz do Seven, não é muito marcante o país ou região que oPresidente Lula da Silva está visitando nem sequer o que consta daagenda de trabalhos... o importante e significante é que o Presidente daRepública do Brasil está de visita a África, continente que, inevitavelmente,corre nas veias da grande Nação Brasileira.

A nós, Voz do Seven, apesar de não escondermos a enorme simpatia quenutrimos por Luiz Inácio Lula da Silva, não nos passa pela cabeça partir emdefesa do Presidente quando é (injustamente) criticado por viajar em demasia...mas sempre perguntaremos se não é natural um povo travar relações de cordialamizade com os seus antepassados e, além do mais, seria bom que se tivesse emmemória os dividendos que a emergente Nação Brasileira pode vir a usufruircom as trocas comerciais.

Photobucket - Video and Image Hosting

Bom... restainformar que o Presidente Lula da Silva se encontra na Nigéria para o "encontro(o primeiro) dos países de África e da América do Sul" e, em jeito deresposta a vozes detractoras, nós, Voz do Seven, gritamos bem alto que não nos incomodaria, jamais e de jeito nenhum, que onosso Presidente se apresentasse com um "pé engessado" (por torção)numa cúpula presidencial... antes pelo contrário, até sentiríamos orgulhopelo exemplo dado emhonrar os seus compromissos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:15




calendário

Novembro 2006

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930