Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Desaparecidos

por neves, aj, em 09.02.07

Não sei se já repararam, mas Voz do Seven colocou aqui há uns dias uma ligação, na coluna dos links, a página onde constam endereços de sites que divulgam desaparecimentos de pessoas, quer no Brasil quer em Portugal.

Voz do Seven teve a preocupação de escolher de entre os numerosos sites que encontrou, principalmente brasileiros, aqueles que lhe pareceram com maior praticidade de navegação e, essencialmente, os mais fiáveis, aqueles que são de propriedade policial e/ou governamental ou de entidades conhecidas, já que, infelizmente, os trotes são bem comuns nas páginas da internet.

Certamente que o envio de e-mail para amigos e conhecidos é a maior das formas de divulgação dos casos de desaparecimento e até nós chegaram recentemente dois desses casos, do Daniel e do Diogo, em que os familiares apelam à solidariedade de cada um de nós para passarmos palavra. Voz do Seven, emocionado, já que estes acontecimentos principalmente envolvendo crianças penetram facilmente a sua dura couraça, solidariza-se e faz o possível, colocando uma entrada dedicada aos dois jovens que em breve espaço de tempo estará ao alcance de muitos buscadores ou motores de busca.

No entanto, Voz do Seven não pode acabar sem vos relatar o que descobriu graças, perdoem o vocábulo, aos pedidos de divulgação que recebeu visto que, por vício, gosta de fazer a sua própria pesquisa (a experiência na Imprensa Escrita ensinou-lhe isso) já que todos nós sabemos, não há bela sem senão, que o envio em cadeia por e-mail, muitas vezes copiando e colando, tem o contra de alguma informação ficar para trás... e, infelizmente, também existe escumalha por essa rede afora  que adora brincar com as emoções de cada um de nós colocando no ar casos  que não passam de uma triste e sádica brincadeirinha, como o caso damenina Targardt (que tirámos do ar e só voltámos a colocar hoje para tomarem conhecimento).

Bom, afinal o que descobrimos? A história é longa, prende-se com o desaparecimento de um jovem no Rio de Janeiro, hoje considerado oficialmente falecido, barbaramente assassinado, mas cujo corpo jamais apareceu. O acaso levou-nos, em Janeiro de 2005, ao Cantinho da Meig@, um site que a mãe do João Maurício lhe dedicou, e como podem constatar a voz do Voz transformou-se de imediato emVoz Frágil. Trocaram-se mensagens e agradecimentos e em Outubro desse mesmo ano de 2005, a Meig@ enviou-nos um mail que nos obrigou novamente a escrever (sepultando uma dor) por tão abananados termos ficado.

Hoje, quis igual acaso que ao pesquisar pelo Daniel fôssemos novamente ao encontro do Cantinho da Meig@ e, inevitavelmente, relemos algumas páginas do Diário dedicado ao filho, onde na penúltima página, a Meig@  faz, a nós Voz do Seven, referência que ainda não tínhamos lido já que de certeza foi colocado bem depois de ela ter encerrado o Diário. Perdoem-nos a imodéstia por estarmos a fazer esta auto-divulgação, mas queremos bradar bem alto que afinal o que se escreve em prol de uma causa, vale bem, e sempre, a pena.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:55




calendário

Fevereiro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728