Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fórmula Porto

por neves, aj, em 17.04.07

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Pelo jeito que vai a Primeira Liga Portuguesa de Futebol até poderá parecer que estamos já a entregar os louros à máquina azul e branca, qual Fórmula 1  disparado e distanciado dos Fiat 600 que o perseguem...

Pelo jeito diferente (mais crescido e sem fanatismos) que hoje encaramos qualquer competição desportiva também poderá parecer que estamos a prestar homenagem ao Dragão, reconhecendo o seu valor, apesar de não vestirmos as suas cores...

Pelo jeito ou modo como apreciamos a amizade poderá parecer igualmente que estamos a dedicar esta entrada aos nossos amigos adeptos, torcedores ou simpatizantes do emblema mais representativo da Invicta e um dos que mais longe tem levado o nome de Portugal...

Na verdade poderão ser estas três opções como poderá ainda acrescentar-se mais uma, a de colocar o bólide satisfazendo a vontade de minha companheira (apoiante do FC Porto, mas à condição já que no Sábado passado outro valor mais alto se alevantou).

Bom, mas o que nos leva a fazer entrada é desde logo revelar a beleza da imagem e depois noticiar, com aquele atraso próprio e muito nosso, que, conforme lemos no MaisFutebol, o FC Porto foi um dos clubes convidados a participar num campeonato de monolugares designado por Superleague Formule a cujo site oficial, cremos, fazemos ligação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:47

(ainda) Os Meninos

por neves, aj, em 17.04.07

Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketJá que possivelmente deve passar desapercebido, mas porque merece destaque pela profundidade que carrega, transcrevemos comentário do amigo Evangelista a' Os Meninos
Infelizmente os Meninos continuam à volta da fogueira, tentando compreender porque se deitam com a barriga vazia.
Nem nós que não passamos por tamanhas provações alimentares, pelo menos não tão gritantes, conseguimos compreender não é verdade caro amigo? Nós até entendemos, nós até sabemos (e perfeitamente) porque Os Meninos se deitam com a barriga vazia só que a nossa compreensão de homens livres das correntes políticas não o quer aceitar.

Olha amigo Manuel, eu cada vez mais desiludido com os governantes donos do mundo e com os líderes religiosos que pregam unicamente o catecismo, acciono o relógio de repetição e sem pejo de ser acusado de cassete recordo novamente ao mundo que uma ínfima insignificância do que é gasto em acções bélicas poderia perfeitamente debelar o problema. Porque não criar um saco azul (ou cofre 2) onde as partes beligerantes seriam obrigadas a colocar uma percentagem sobre o valor de cada míssil lançado, de cada bala disparada? Esta utopia poderia ser bem mais próxima da realidade se o Conselho de Segurança da ONU exigisse contrapartidas perante certas guerras anunciadas e programadas com a devida antecedência... guerras estas rotuladas de breves, mas que se arrastam infinitamente como são bons (maus) exemplos o Iraque e o Afeganistão, qual sistema de incógnitas que aluno mal preparado não sabe encontrar a solução e teima em resolver, teima em não desistir e complica cada vez mais.

No entanto, se tal taxa percentual fosse possível, certamente que de imediato se levantariam vozes a dizerem-me que os carregamentos alimentares enviados para as zonas carenciadas se perderiam nas teias da corrupção ou que ficariam a apodrecer nos portos das capitais ou das grandes cidades. É África, diriam sorrindo com desdém. Não vou negar que seria esse o destino de uma grande fatia dos sacos de farinha e leite em pó timbrados com letras bem gordas publicitando os países dadores dessas migalhas... mas, em vez de dar o peixe, porque não ensinar a pescar? Isso chama-se desenvolvimento e é o que África necessita.

Já não será tempo de o homem branco pagar a sua dívida ao continente africano?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:40




calendário

Abril 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930