Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Preocupado

por neves, aj, em 28.04.07

Contigo mãe-terra e com aqueles teus filhos que nada têm a ver, nem querem ter, com viagens ao passado.

Preocupado, mas também confuso perante as notícias contraditórias relacionadas contigo e que chegam até mim, esta de 23 de Abril que diz NÃO e esta de 24 de Abril, coincidência das coincidências, que diz SIM à manifestação, concentração, romagem ou outro nome que queiram chamar a esse ajuntamento de pessoas admiradoras de um dos teus filhos, Oliveira Salazar, e que aproveitando a data do seu nascimento resolveram invadir a tua pacatez em camuflada manifestação de apreço quando, sabemos nós todos, o que tentam é ressuscitar os ideais do homem que governou Portugal em ditadura.

Eu já sabia das intenções desses tipos, li num site deles exactamente e por coincidência na Sexta-feira 13 de Abril, e só não te alertei  porque não achei necessário já que de uma minoria se trata e afinal a liberdade que defendo, aquela liberdade conquistada por outros e não por esses que hoje te visitam, não impede de maneira alguma a colocação de uma ramo de flores a um defunto no dia do seu aniversário. Também não te alertei, porque, acredita ditosa terra-mãe, quanto menos se mexer nisto menos o seu odor mal cheiroso incomoda o perfume do Cravo de Abril. Indiferença deve ser a palavra de ordem.

No entanto, amada Santa Comba, hoje sinto como que um aperto no peito que, dizem, tanto caracteriza a preocupação. Preocupado ao ler as palavras, umas mansas outras mais agressivas/ofensivas (os nacionalistas vão dar a resposta a esta gentalhaou o povo lentamente vai acordando da longa noite “ democrática”)convocando à participação na romagem e de imediatamente me lembrar dos graves confrontos a que assististe, com uma morte e quase duas dezenas de feridos a lamentar, aquando da tentativa da reposição da cabeça na estátua de Salazar que tinha sido serrada pela calada da noite uns meses antes. Já lá vão 30 anos. Eu não assisti. Lembro que nessa tarde fui jogar futebol vestido com a camisola dos Pinguins a Travanca da Bodiosa, mas antes de partir, e em prevenção, pedi a meu pai e à futura mãe de minha filha para se manterem bem ao largo dos acontecimentos... hoje, novamente temeroso (apesar de saber que as autoridadesestão atentas) já telefonei pedindo a minha filha que se mantenha bem longe e indiferente.

Não te condeno por teres autorizado a dita concentração, afinal usaste a arma da democracia tal como usaste na reunião de há um mês e tal atrás no salão do antigo Quartel dos Bombeiros que, independentemente da minha opinião sobre o assunto tratado, acho que foi despropositadamente realizada no teu seio... Portugal é pequeno, mas suficientemente grande para se conseguir um local mais apropriado e menos provocativo, em suma mais harmonioso e preventivo quanto a eventuais confrontos.

Envio aquele abraço do costume, com um pedido: que desta vez, amada Santa Comba, recebas os teus visitantes com indiferença... em prol do bem-estar de todos nós.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:07




calendário

Abril 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930