Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dia dos Pais

por neves, aj, em 08.08.07

É tal qual oDia do Pai lusitano só que em vez de 19 de Março é por aqui comemorado nopróximo dia 12, segundo Domingo de Agosto.

CLICAR

... e depoisde um incêndio lhe ter devorado o lar (e mais uns 250 barracos) em favela deSão Paulo, quem sabe se o pensamento primeiro da menina não será o lamento poreste ano não poder presentear seu pai?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:06

Futebol - notícias

por neves, aj, em 08.08.07

CLICAR EM CADA UM DOS EMBLEMAS OU ESCUDOS 

A Nossa Selecção

SELECÇÃO DE TODOS NÓS - Quarta-feira dia 22 há desafio importantíssimo. Apesar de o adversário não ter nome de gigante, a deslocação à Arménia terá que ser rodeada de imensos cuidados. Para além de os arménios já terem avisado (vitória sobre a Polónia) que não são pêra doce e que não andam por lá (qualificação) a passear, uma vitória coloca a SELECÇÃO PORTUGUESA nos calcanhares dos comandantes polacos (a 2 pontos) com menos um jogo. Não nos perguntem porquê, mas achamos um desafio crucial. Cá estaremos na torcida. PORTUGAL... PORTUGAL...

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

I LIGA PORTUGUESA - Mais uma época que se avizinha e é já no próximo fim-de-semana que começa. Que tudo corra dentro dos conformes e que jamais a verdade desportiva seja escamoteada. Que também a violência dentro e fora das quatro linhas esteja sempre ausente e que as cenas de racismo e xenofobia consigam ser banidas dos recintos. Espera-se que, com o avançar de mais uma época, os agentes desportivos (atletas, dirigentes e treinadores) tenham crescido mentalmente e que deixem de atacar os árbitros cada vez que o resultado não lhes corra de feição. A estes, aos árbitros, pede-se que sejam isentos e que resistam às tentações vindas daqueles. Em suma, que o Campeonato Principal Português seja competitivo e rodeado de êxito.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

BRIOSA - Apoio incondicional. Sem nos preocuparmos em demasiado com a classificação sempre enviamos votos de que não nos façam sofrer tanto como em épocas anteriores. O tiro de partida será dado na próxima Sexta-feira, dia 17, em Alvalade e nada melhor que começar com um tirinho na pele do leão.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

SUPERTAÇA - Independentemente de na 1ª Jornada da Liga serem uma equipa a abater, faça-se aqui um porto, desculpem ponto de honra aos leões de Alvalade. Começar a época com um troféu é sempre gratificante e a rapaziada, em especial o seu também jovem treinador, merece.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

BENFICA - Ironizada na pré-temporada em tons cor-de-rosa, a velha águia continua de garras afiadas e, enraivecida, deu uma primeira bicada nos leões. Apesar de ser jogo a feijões, bicada no leão é para ficar como eterna recordação. Mas, os encarnados não são aqui destaque por questões de ordem interna e sim para demonstrarmos o nosso incondicional apoio à importantíssima luta internacional que se avizinha. Trata-se da pré-eliminatória da Liga dos Campeões que os encarnados terão que ultrapassar para entrar na Fase de Grupos da dita Liga. O adversário, de gratas recordações, é o Copenhaga e a 1ª mão é já na Terça-feira, dia 14, na Luz. A 2ª mão por terras dinamarquesas é no dia 29 de Agosto, Quarta-feira. Que Portugal consiga então colocar 3 equipas na Campeões.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

LUSA - Depois de se ter sagrado Campeã Paulista da 2ª Divisão, a Portuguesa de Desportos segue mais ou menos bem na Série B (2ª Divisão) do Brasileirão... começou de forma periclitante, mas está a chegar-se ao topo, mais propriamente aos 4 primeiros classificados que terão acesso à subida. Será que no próximo ano vamos ter a LUSA na Primeirona?

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

VASCO DA GAMA - Desde que por aqui aportei, o mais emblemático dos clubes portugueses por Terras de Vera Cruz não tem feito nada de jeito. Insistindo na velha carcaça Romário e comandado por um Presidente desastroso (por aqui ficamos, mas outros títulos lhe têm dado), o Vasco tem andado numa de "nem lá vou nem faço nada"... bom, tem andado, mas já não anda e neste Brasileirão 2007 tem mostrado que ainda sabe navegar. É quarto e faz sonhar.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

PINGUINS DO DÃO - Na época transacta o Desportivo Santacombadense desceu aos regionais. Foi doloroso. Não sabemos qual o objectivo para este ano visto que as notícias que nos chegam são parcas, apenas se sabendo os nomes dos atletas que terão o privilégio de vestir a Camisola Preta na próxima época durante a disputa do CAMPEONATO DISTRITAL DA DIVISÃO DE HONRA DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE VISEU, afinal a 1ª Distrital. Sabe-se ainda que a reunião da tropa acontece no dia 20 de Agosto. As maiores venturas para a rapaziada e que o novo blogue nos encha de notícias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:30

Elogio ao Amor - MEC

por neves, aj, em 08.08.07

ELOGIO AO AMOR
Miguel Esteves Cardoso in Expresso

[Error: Irreparable invalid markup ('<a [...] ">') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<p align="center"><font face="Verdana" size="2" color="#000080"><b>ELOGIO AO AMOR</b><br>Miguel Esteves Cardoso in Expresso<br><br><div style="float: left; border-right: 6px solid #FFFFFF"><table border="0" cellpadding="4" cellspacing="0" style=" background-color: #FFFFFF ;border-color: #cccccc; color:#FF8000 ; font-family:Arial, Helvetica, sans-serif; font-size:11px; padding:0px; border-width:1px; border-style:solid"><tr><td align="center"><embed quality="high" pluginspage="http://www.macromedia.com/go/getflashplayer" type="application/x-shockwave-flash" bgcolor="#FFFFFF" width="92" height="140" src="http://fb.esnips.com//escentral/images/widgets/flash/candle.swf" flashvars="autoPlay=no&amp;theFile=http://fb.esnips.com//nsdoc/81925a5b-a8ec-4fa2-a02c-8e91cbc6f8d1&amp;theName=ET_SI_TU_N'EXISTAIS_PAS_-_JOE_DASSIN&amp;thePlayerURL=http://fb.esnips.com//escentral/images/widgets/flash/mp3WidgetPlayer.swf"></embed></td></tr><tr><td style="font-size:11px" valign="bottom" align="center"><a style="color: #FF8000; text-decoration:none" href="http://www.esnips.com/playlist/806de03f-e262-42ae-9aa1-3c097319b61f" target="_blank"">Joe Dassin</a></td></tr></table></div><p align="justify">Quero fazer o elogio do amor puro. Parece-me que já ninguém se apaixona de verdade. Já ninguém quer viver um amor impossível. Já ninguém aceita amar sem uma razão. Hoje as pessoas apaixonam-se por uma questão de prática. <br>Porque dá jeito. Porque são colegas e estão ali mesmo ao lado.<br>Porque se dão bem e não se chateiam muito. Porque faz sentido. Porque é mais barato, por causa da casa. Por causa da cama. Por causa das cuecas e das calças e das contas dalavandaria. <br>Hoje em dia as pessoas fazem contratos pré-nupciais, discutem tudo de antemão, fazem planos e à mínima merdinha entram logo em "diálogo". O amor passou a ser passível de ser combinado. Os amantes tornaram-se sócios. <br>Reúnem-se, discutem problemas, tomam decisões. O amor transformou-se numa variante psico-sócio-bio-ecológica de camaradagem. A paixão, que devia ser desmedida, é na medida do possível. O amor tornou-se uma questão prática. O resultado é que as pessoas, em vez de se apaixonarem de verdade, ficam "praticamente" apaixonadas. <br>Eu quero fazer o elogio do amor puro, do amor cego, do amor estúpido, do amor doente, do único amor verdadeiro que há, estou farto de conversas, farto de compreensões, farto de conveniências de serviço. Nunca vi namorados tão embrutecidos, tão cobardes e tão comodistas como os de hoje. <br>Incapazes de um gesto largo, de correr um risco, de um rasgo de ousadia, são uma raça de telefoneiros e capangas de cantina, malta do "tá tudo bem, tudo bem", tomadores de bicas, alcançadores de compromissos, bananóides, borra-botas, matadores do romance, romanticidas. Já ninguém se apaixona? Já ninguém aceita a paixão pura, a saudade sem fim, a tristeza, o desequilíbrio, o medo, o custo, o amor, a doença que é como um cancro a comer-nos o coração e que nos canta no peito ao mesmo tempo? <br>O amor é uma coisa, a vida é outra. O amor não é para ser uma ajudinha.<br>Não é para ser o alívio, o repouso, o intervalo, a pancadinha nas costas, a pausa que refresca, o pronto-socorro da tortuosa estrada da vida, o nosso "dá lá um jeitinho sentimental". Odeio esta mania contemporânea por sopas e descanso. Odeio os novos casalinhos. Para onde quer que se olhe, já não se vê romance, gritaria, maluquice, facada, abraços, flores. O amor fechou a loja. Foi trespassada ao pessoal da pantufa e da serenidade. Amor é amor. É essa beleza. É esse perigo. O nosso amor não é para nos compreender, não é para nos ajudar, não é para nos fazer felizes. Tanto pode como não pode. <br>Tanto faz. É uma questão de azar. O nosso amor não é para nos amar, para nos levar de repente ao céu, a tempo ainda de apanhar um bocadinho de inferno aberto.<br>O amor é uma coisa, a vida é outra. A vida às vezes mata o amor. A "vidinha" é uma convivência assassina. O amor puro não é um meio, não é um fim, não é um princípio, não é um destino. O amor puro é uma condição. Tem tanto a ver com a vida de cada um como o clima. O amor não se percebe. Não dá para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende. O amor é uma verdade. É por isso que a ilusão é necessária. A ilusão é bonita, não faz mal. Que se invente e minta e sonhe o que quiser. O amor é uma coisa, a vida é outra. A realidade pode matar, o amor é mais bonito que a vida. A vida que se lixe. <br>Num momento, num olhar, o coração apanha-se para sempre. Ama-se alguém. Por muito longe, por muito difícil, por muito desesperadamente. O coração guarda o que se nos escapa das mãos. E durante o dia e durante a vida, quando não esta lá quem se ama, não é ela que nos acompanha - é o nosso amor, o amor que se lhe tem. <br>Não é para perceber. É sinal de amor puro não se perceber, amar e não se ter, querer e não guardar a esperança, doer sem ficar magoado, viver sozinho, triste, mas mais acompanhado de quem vive feliz. Não se pode ceder. Não se pode resistir. <br>A vida é uma coisa, o amor é outra. A vida dura a vida inteira, o amor não. Só um mundo de amor pode durar a vida inteira. E valê-la também.<br></font></p>

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:14




calendário

Agosto 2007

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031