Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sinais

por neves, aj, em 05.11.07

Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketEra Sábado naquele 5 de Novembro de 1955. Reza a Certidão que seriam 13 horas quando apareci. Boa hora, convenhamos. Hora de almoço. Como trazia comigo uma reserva de quase cinco quilos acumulada durante nove meses tinha que começar a tratar dela, ora então. Consta que as freirinhas do então Hospital da Misericórdia (hoje "casa de cuidados últimos"... paradoxos) até se passaram quando tomaram em mãos o matulão de 4,750 quilogramas. Minha mãe teria então respirado aliviada. Pudera. Obrigado mãe e desculpa lá pelo sofrimento. Contudo não me posso considerar de todo culpado por ter engordado tanto.
Hoje estou mais elegante, quer dizer não tão cheinho como poderia sugerir o aspecto do bolachudo recém dado à luz. A careca mantém-se, só que nasceram-me pêlos na cara que teimo em não rapar, só aparar. E dia após dia o espelho diz-me que a proporção de grisalhos é maior. Sejam bem vindos. A pele já não estará tão lisa e um dia até vai engelhar resistindo a todos os cremes descobertos até então e a inventar. Problema nenhum. Os pêlos das sobrancelhas agora já crescem mais e não tardará nada que os das orelhas e nariz também os imitem. São sinais do avanço. Mas é apenas mais uma tarefa para o barbeiro/cabeleireiro. Enquanto a visão vai enfraquecendo cansada, toma força a mais célebre das expressões: onde estão os meus óculos? Creio não ser problema de memória, antes sim distracção a rodos. O primeiro que atire a primeira pedra. Talvez um dia tenha que andar com aparelho auricular pendurado nas orelhas. Estou crente que deve dar para ouvirJoe Dassin. Ademais será problema para quem necessitar de comunicar comigo, ora. A vida está assim feita. Cada ano que se coloca aos ombros lá vai aparecendo mais um sinal... e, como diz Lobo Antunes, até já nem posso passar sem a sopita.

Que se dane, venham daí mais sinais para acrescentar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:47




calendário

Novembro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930