Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Foz do Dão

por neves, aj, em 14.01.08

PhotobucketComo o nome indica, a Foz do Dão lembra o local onde o Rio Dão desagua, não no Atlântico que ainda está longe mas num outro rio, no Mondego. Pensando melhor teremos que corrigir e mudar o tempo do verbo para o pretérito visto que a parede da Barragem da Aguieira erguida uns quilómetros a jusante baralhou a geografia e agora torna-se impossível definir o local exacto onde as águas dos dois rios se misturavam. Assim, o prejuízo imediato da construção da Barragem foi o naufrágio total e completo da foz do rio que atravessa a nossa cidade natal e também o desaparecimento do mundo acima de água da pequena povoação da Foz do Dão que fazia parte da freguesia de Óvoa, concelho ou município de Santa Comba Dão. A foto, bem antiga, que nos chegou via mail da parte de um tal Luís Martins que sinceramente pensamos não conhecer, mas a quem agradecemos, mostra-nos para além do casario a soberba ponte que unia as margens do Mondego e que portava consigo o nome de Ponte Salazar. Merece um clique de ampliação já que, em abono da verdade deve ser dito, era uma construção mui bela que por acaso tivemos o prazer de admirar de perto e atravessar várias vezes e só lamentamos não saber em que ano teria sido inaugurada visto que assim conseguiríamos datar a foto... é que não nos ficam muitas dúvidas de a imagem parecer testemunhar esse acto simbólico e marcante na vida de uma região, como o é a inauguração de uma ponte que une povos, dado o ambiente festivo com um substancial aglomerado de pedestres no tabuleiro e a presença dos tradicionais carros negros que usualmente transportam as individualidades ou autoridades locais e/ou nacionais.

Bom, mas esta entrada não foi feita ao acaso. É que ao darmos à estampa esta foto aproveitamos para anunciar que periodicamente iremos passar a publicar outras mais fotos bem antigas do burgo que nos viu nascer, algumas delas tão antigas que pessoas que hoje seriam centenárias relatavam não se recordarem de alguns pormenores retratados. Serão mais de meia centena de fotografias que irão sendo compiladas em álbum próprio após cada publicação.

Porque se impõe, registe-se que este tesouro que muito vai enriquecer o Voz do Seven é oferta do amigo Sr.Carlos Ribeiro proprietário da Foto Ribeiro na nossa Santa Comba Dão natal a quem endereçamos um abraço maior que o Atlântico para além de cordiais agradecimentos que desejamos estender ao genro do nosso irmão mais velho, casado com uma sobrinha como se deduz, pela disponibilidade (e paciência) arranjada para nos enviar as verdadeiras pérolas do antigamente. Em pequena amostra podem de imediato admirar o postal ilustrado que faz parte daquela colecção e que retrata esta mesma Foz do Dão e a Ponte Salazar, hoje submersas, observadas de outro ângulo, de frente ao sabor da corrente, e que permite inclusive observar o loca exacto onde o Dão oferecia as águas ao Mondego, precisamente na sua margem direita.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:49




calendário

Janeiro 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031