Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tropa de Elite

por neves, aj, em 28.02.08

(nunca é tarde para homenagear)

O filme brasileiro Tropa de Elite foi o grande vencedor do festival de Cinema de Berlim. Na foto, que dá acesso a álbum, o director José Padilha exibe orgulhosamente o Urso de Ouro.

Photobucket

trailer sítio oficial rap das armas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:19

Dragão

por neves, aj, em 28.02.08

(nesta entrada estávamos apenas para escrever "livrai-nos da humilhação e entreguem-lhe já o caneco", mas depois perdemo-nos um pouco... afinal o costume)

Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketDragão é monstro mitológico que faz parte da cultura de vários povos e civilizações. Apesar de em grego o seu nome significar grande serpente parece-se mais com um enorme lagarto alado que tem a particularidade de cuspir fogo, pelo menos alguns. Rodeado de mitos e lendas, o dragão adquire variadíssimas imagens conforme a cultura. No entanto nesta curta entrada só nos interessa o simbolismo que o dragão representa no futebol português já que ele é parte indissociável, chegando a denominá-la se redigida em letra maiúscula inicial, de uma das maiores agremiações desportivas do país, o Futebol Clube do Porto, sediado como é óbvio na chamada Capital do Norte, a Antiga, Mui Nobre e Sempre Leal Invicta Cidade do Porto.
Não somos simpatizantes do Dragão, de jeito nenhum, mas temos que confessar que o animal mitológico nos atrai e apreciamos imenso as actividades culturais das terras do Sol Nascente, nomeadamente a dança, em que ele é protagonista. É certo que a imagem publicada em formato reduzido (que pode ser ampliada com um clique) e subtraída de um dos blogues do amigo Mário (A Chama do Dragão, inevitável, e A Toca do Lobo, cada vez mais saborosamente acolhedora) fica bem aquém da dança inocente a que acabámos de fazer referência, mas este dragão representa a força, o poder de ferro e fogo com o que o Dragão está a pulverizar a concorrência no Campeonato da I Liga do Futebol Português... justiça seja feita.
E, embora com as vontades chamuscadas, está feita justiça e o merecido reconhecimento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:51

Zé Neves, na arte

por neves, aj, em 28.02.08

PhotobucketProvavelmente por culpa da divulgação da minha careca recebi da parte de um dos meus sobrinhos a careca de meu pai nos finais dos anos 80 do século passado. A foto, em redução aí ao lado que com um clique vos leva a tamanho tipo postal, foi captada (provavelmente) por esse meu sobrinho quando ele ainda andava na descoberta da maravilhosa arte de fotografar e que o prendeu de tal ordem que hoje faz dela profissão. E se atrás digo provavelmente é porque me comunicou que não tem a certeza absoluta se foi ele que fotografou ou o primo, meu sobrinho também, seu companheiro de então nesta iniciação à fotografia, cujo bichinho, saliente-se, lhes foi incutido por um dos meus irmãos, tio dos dois.
A foto. Ressalta à vista que este retrato a preto e branco de meu pai no desempenho da sua arte de alfaiate não está nas melhores condições. Não tanto pela idade, vinte e poucos anos, e sim mais pela deficiente técnica com que foi revelado. Afirmo-o com segurança não só porque de fotógrafo e de louco cada um de nós tem um pouco, mas também por eu próprio ter participado (de modo esporádico, é certo) nalgumas revelações fotográficas feitas em estúdio improvisado numa divisória da casa de meu sobrinho. É verdade, acreditai que também cheguei a assinar algumas das fotos... não na forma de Neves, AJ com que assino os textos aqui no Voz, mas na de mancha negra cópia fiel de morrão de cigarro que aspirado na câmara escura iluminava mais que holofote em noite de breu.
E em remate, os agradecimentos ao sobrinho pela homenagem que prestou ao avô.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:40




calendário

Fevereiro 2008

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829