Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cadeia de Bilac

por neves, aj, em 03.03.08

CLICARMesmo minimizada a foto é esclarecedora quanto à superlotação ou sobrelotação. Diga-se que Bilac é município do Estado de São Paulo a 537 Km da capital e a prisão da cidade foi alvo de visita da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Sistema Carcerário. Relata-nos a notícia que acompanha a foto que os membros da dita comissão ficaram chocados com o que viram. Não só pelo elevado número de mulheres detidas por cela (30 prisioneiras em espaço de 22 metros quadrados) como pelas precárias condições de higiene. Um juiz interditou a prisão e determinou a transferência imediata das prisioneiras para outros estabelecimentos, contudo parece que para além dessa transferência não estar a ser processada em desobediência clara ao poder judicial a Cadeia de Bilac continua a receber mais mulheres.
Mas o que mais nos impressionou na notícia (e que nos levou a fazer a transcrição para o Voz) não vem escrito por palavras e sim estampado na fotografia que deve ser observada em ampliação após clique nesta que aqui publicamos: é sim o medo transmitido pela expressão assustadíssima e apelante da menina da esquerda sentada no chão e metida entre mulheres maduras de olhares indiferentes e tão distantes.
Não há coração de pai que não se arrepie.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:09




calendário

Março 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031