Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ASAE

por neves, aj, em 06.03.08

Rais partam

Photobucket"Salazar tinha a PIDE, agora temos uma ASAE, uma polícia de pequenas e médias empresas."
Claro que esta frase proferida por um dirigente da oposição (Mendes Bota, do PSD/Algarve) ao actual governo socialista ficou-nos de imediato na memória e até pensámos para com os nossos botões que se uma fiscalização, seja ela qual for, nunca foi bem quista então esta Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica teria sido já eleita como o maior dos monstros em perseguição desenfreada às empresas portuguesas, principalmente às de menor porte económico, as chamadas pequenas e médias empresas. A raiva ou ódio começou a circular de mail em mail: chegavam-nos notícias que esta tal ASAE até perseguia o artesanato, o uso de galheteiros nas mesas dos restaurantes e, imagine-se, o de colheres de pau na confecção das nossas tão requintadas refeições... tudo em prol da higiene, respondiam as autoridades. Para além, claro, da declarada guerra ao tabaco. O imaginário do Zé Povinho entrou também em acção e criou situações engraçadas e irónicas que fez circular pelas caixas de correio da rede, como aquela da prisão do Cardeal Patriarca de Lisboa que, imagine-se, levou um jornalista brasileiro a acreditar e a publicar a patranha. É caso para dizer que nem "piada de português" faria melhor que a burricada redactorial do blogue do conceituado Cláudio Humberto (registe-se que a informação obtida só foi possível graças à argúcia do sempre atentoSantos Passos, que raramente deixa passar uma).

Entretanto (dos jornais)
SANTA COMBA DÃO: ASAE apreende três toneladas de carne em entreposto comercial
E mais uma vez se abateu sobre a nossa santa terrinha a triste sina de só aparecer nos grandes meios de comunicação por motivos danosos... rais partam... nem vamos pronunciar-nos (os estimados têm aí a ligação, façam favor).
Bom, e então? Então, quer dizer que, a ASAE tem que actuar não é verdade? É certo que deve evitar ser mais papista que o papa, mas não pode deixar as coisas andarem à deriva.

Meio tristonhos, cabisbaixos sem entusiasmo, cá chegámos ao fim... sabem de uma coisa? Não nos interessa para nada se o Bota vai tentar descalçar a bota ou se vai tratar de engolir alguns sapos (atenção ao prazo de validade) ou ainda se as piadas vão continuar a circular pela net, o que nós gostávamos é ler notícias mais agradáveis sobre a ditosa mãe-terra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:11




calendário

Março 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031