Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Vesúvio

por neves, aj, em 30.04.08

Este é o Vesúvio.

PhotobucketSim, sabemos bem que Vesúvio é vulcão situado perto de Nápoles e que na antiguidade destruiu Pompeia.
Mas, este é também Vesúvio, é bar na cidade de Ilhéus, Estado da Bahia, onde trabalhou, servindo durante uma temporada, outro vulcão: Gabriela. Essa mesma, a personagem principal da obra Gabriela, Cravo e Canela, de Jorge Amado, que Sónia Braga imortalizou na televisão.
O Vesúvio continua ainda atracção na cidade de Ilhéus, ele lá está e aberto ao público... de Gabriela resta a (bela) recordação na memória dos homens.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:38

YouTube do Voz

por neves, aj, em 30.04.08

PhotobucketNão nos podemos considerar, de jeito nenhum, como pertencentes àgeração YouTube, mas claro que também bisbilhotamos por lá e até já temos uma página onde colocamos alguns vídeos que os amigos nos enviam, os que achamos mais fixes, mais lêgáis.
Como não temos câmara de filmar e nem sequer um télélé/celular modernaço (nem antigo, já que  o tijolo que possuíamos não funciona por aqui deste lado do Atlântico) estamos impedidos de ser originais e limitamo-nos portanto a alojar cópias do que os outros fazem. É situação deveras aborrecida, constrangedora, que nos expõe a críticas mas não nos acusem de plagiários ou plagiadores já que não nos consideramos autores nem é nosso desejo vir a usufruir lucros. É apenas uma questão de segurança, assim temos a certeza absoluta de que este ou aquele vídeo jamais desaparecerá do local onde se encontra, não alterará o endereço. Sabemos que a lei dos direitos autorais não se compadece de intenções e se alojamos algo que não foi produzido por nós estamos à margem dessa mesma lei, mas somos só nós c'um raio? Todo o mundo faz.
Bom, lei é lei, e devíamos obedecer, mas... e embora arriscando em levar o segundo cartão amarelo que nos pode decretar a expulsão (o primeiro foi por alojarmos vídeo com aquele golaço de cabeça do nosso Cristiano Ronaldo frente ao Roma de Itália) lá vamos paulatinamente colocando uns vídeos no nosso novo espaço que vos convidamos a visitar... basta um clique em VOZ NO YOUTUBE que sempre encontrareis por ai nos nossos modelos do Voz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:16

Ainda o telemóvel

por neves, aj, em 29.04.08

Photobucket... ou celular se em perspectiva brasileira sendo que de um ou de outro modo nos estamos a referir ao protagonista da célebre briga entre professor e aluno em sala de aula numa escola pública da cidade do Porto em Portugal, aqui recordada em notícia do Portugal Diário.
Sinceramente que nunca nos puxou a vontade de opinar, porque pensamos que nem seja um problema estritamente escolar antes sim social e/ou familiar onde os valores estão ausentes (e também a autoridade) e até por acharmos que se fez demasiado barulho em torno da Escola, afinal o elo mais fraco, mais vulnerável... que deveria ter sido defendida com unhas e dentes e não aproveitar-se para denegri-la (e com isto as escolas particulares devem estar a esfregar as mãos de contentes). Na verdade não sei se a "briga" continua, se a oposição continua a bater no governo (quando o problema nas escolas já tem barbas mais compridas que as dos vice-reis da Índia todas juntas), se os alunos continuam a armar-se com o brinquedo (outros mais interessantes haverá, mas enfim) e se os pais (em crise educacional) continuam a obedecer aos filhos comprando-lhes o último modelo (a nossa sugestão segue acima) ou mesmo se alguns professores continuam a considerar-se vítimas nas mãos de uns brutamontes sem escrúpulos, uns selvagens... o que eu realmente sei é que nem desejava escrever tanto e apenas encaminhar-vos para artigo superiormente redigido por António Lopes de Almeida e publicado no Farol da Nossa Terra sob o título deDê-me o meu telemóvel, já.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:36

Safos

por neves, aj, em 28.04.08

Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketQuando faltam duas jornadas para o final do campeonato da I Liga, a matemática garante-nos que já nos safámos. Temos 7 pontos de avanço sobre o 15º colocado (que acompanha o último na descida) quando só estão seis pontos em jogo. A "proeza" foi conseguida com mais uma "chapa 3 fora de casa", desta vez na Madeira frente ao Nacional. [vídeo golos]
O objectivo da universal BRIOOOSA de ficar entre os "grandes" do futebol português foi cumprido, mas sinceramente que estamos saturados de andar pela mó de baixo sempre a olhar para trás com receio que a guilhotina nos apanhe as partes traseiras.
Vamos lá malta pensar um pouco mais alto e lutar por um lugar na Europa para a próxima época 2008/09.
Quanto ao Campeonato e com os Dragões há muito em rima com campeões, está em fogo a luta pelas 2ª e 3ª posições com águias, leões e os surpreendentes afonsohenriquinos de Guimarães a disputarem os dois lugares que ainda dão acesso à Liga dos Campeões.

Sporting 49 (Paços de Ferreira FORA e Boavista CASA)
Vit Guimarães 49 (Belenenses FORA e Estrela da Amadora CASA)
Benfica 48 (Estrela Amadora FORA e Setúbal CASA)

No fundo da tabela, uma luta a dois: Paços de Ferreira 24 (Sporting CASA e Leiria FORA) e Leixões 26 (Setúbal FORA e Marítimo CASA) vão decidir quem vai acompanhar o já despromovido Leiria.
Lá em cima e cá em baixo que vençam os melhores e que os derrotados depressa se ergam. Também que a verdade desportiva seja cumprida e que entre choros e aplausos não haja distúrbios.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:29

Errámos

por neves, aj, em 27.04.08

NOTÍCIA DA JOVEM DESAPARECIDA É FALSA
e a entrada foi apagada dos nossos arquivos

PhotobucketVoz do Seven ERROU e PEDE DESCULPA, apesar de defender que as desculpas devem sim é ser evitadas.
Voz do Seven não vai escudar-se levianamente afirmando que não teve culpa já que se limitou a transcrever o que leu em outro blogue, que aliás considera como jornal ou órgão informativo, antes sim penitenciar-se porque devia ter feito antes da publicação o que há 4 dias tem vindo a fazer: ligar para os telefones divulgados e constatar então que não há resposta alguma.

Confirmou-se então o que oJORNAL DA MADEIRA tinha publicado e nos despertou para a descoberta da verdade. Resta ainda pedir desculpa à menina da foto que por arrastamento andámos a difamar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

Para os pais

por neves, aj, em 27.04.08

... para todos

PhotobucketCom a devida vénia fazemos ligação ao Pontos nos iii a dois artigos interessantes e elucidativosassinados pela Drª Lara Guina que são direccionados aos pais, em particular aos jovens pais, mas cuja leitura será de muita utilidade para qualquer um de nós nomeadamente para nos ajudar a sacudir da mente certas ideias pré-concebidas.

–O que é a enurese?
–Crianças com medos - como as ajudar

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:59

Ainda o 25 de Abril

por neves, aj, em 27.04.08

PhotobucketNo Meditação na Pastelaria descobrimos artigo deveras interessante e maravilhosamente redigido que é um excelente complemento ao nosso Ignorantes. Passem por lá que vale a pena, não só pelo artigo em questão, como por outras coisas mais... conversas de mulher... ou o espaço não se auto-intitulasse também como o Bad Girls Club.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:08

Romantismo

por neves, aj, em 27.04.08

(poder-se-á assim explicar os baixos níveis de natalidade?)

Diz-se que conseguem nadar 11 centímetros em uma hora, o que parece ridículo mas atenção que dizem também que é o equivalente a um homem atravessar uma piscina de 50 metros em 5 segundos o que se crê ser feito jamais a conseguir... é que temos de levar em conta que eles são pequenininhos, medem apenas 50 milésimos do milímetro (0,050 mm) sendo que milímetro é um daqueles risquinhos da régua graduada que juntos em grupo de 10 formam o centímetro.
Quando partem para a corrida são aos milhões, dizem que mais de 200 e menos de 400 milhões, mas poucos chegam à recta final, meia-dúzia deles apenas, dizem que só uns 100, talvez 200, e de todos estes apenas um, note-se bem que só um, conseguirá penetrar a barreira e subir ao lugar mais alto do olimpo do mistério da vida.
No entanto não se julgue que é necessário ser o primeiro a chegar, nada disso, ele terá isso sim é de reunir as condições ideais de agradabilidade para que a porta lhe seja franqueada. Machão por natureza, ele, o pretendente, usará de todos os truques, claro... [observar vídeo em ampliação]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:32

A Infância que temos hoje...

por neves, aj, em 26.04.08

quem é Lara Guina

A opinião de LARA GUINA

A infância que temos hoje…

PhotobucketMuito se tem falado ultimamente acerca da depressão, pois nunca esta doença foi tão frequente quanto é hoje. Negada durante muitos anos, a depressão na criança é hoje uma realidade unanimemente aceite pela Psiquiatria e pela Psicologia. A ideia da infância como um período tranquilo, protegido de todas as preocupações, conduziu a que, durante muito tempo, não se pusesse sequer em causa que durante a infância não poderia existir sofrimento psicológico.
Hoje em dia, os pais não têm tempo para brincar ou conversar com os filhos porque chegam tarde a casa e os filhos ou têm de estudar, ver televisão ou jogar consola, o que faz com que as relações de pais e filhos se deteriorem com o tempo. Por vezes as crianças ou adolescentes tentam chamar a atenção dos pais fazendo alguma asneira, com o objectivo de serem repreendidos e de não serem ignorados.
Os pais com os seus problemas e stress no trabalho acabam por não se aperceberem do que se passa no seu ambiente familiar. Andam sempre a correr de um lado para o outro, pois muitos pais têm três empregos ou mais. E quando chegam a casa além dos problemas que trazem, trazem também trabalho para acabar. Isto faz com que os filhos se refugiem no seu mundo e não se relacionem de forma saudável com os seus pais. As crianças sentem-se tristes, aborrecidas, frustradas e podem desenvolver uma depressão infantil.
Quanto mais nova é a criança, maior tendência tem para exprimir corporalmente a sua tristeza, através de dores sem uma explicação física para tal, dificuldades respiratórias, eczemas ou alergias da pele, vómitos. A regressão também poderá ser um sintoma, pois a criança adopta comportamentos que já havia ultrapassado (chupeta, fralda). As dificuldades escolares e de concentração, a falta de confiança em si própria, os sentimentos de inferioridade e o isolamento ocupam um lugar privilegiado na manifestação da angústia que vive. As perturbações do comportamento alimentar e do sono poderão estar também presentes. Assim, a criança pode perder o apetite ou, pelo contrário, surgir um aumento da tomada de alimentos. A criança pode ter dificuldades em adormecer, ter pesadelos ou mesmo terrores nocturnos.
É importante que os pais não se esqueçam que os seus filhos precisam de carinho, atenção e que se sintam amados. Depois do trabalho, os pais, poderão ajudar os filhos na realização dos trabalhos de casa, fazerem actividades em família, como por exemplo, um passeio de bicicleta, um piquenique, por vezes podem tentar sair um pouco mais cedo do trabalho e irem buscar os filhos à escola. Os pais podem pensar que estas pequenas coisas são insignificantes e que os filhos não iriam dar o devido valor aos seus esforços, mas enganam-se, um só gesto destes faz toda a diferença! Se uma criança está deprimida é porque tem falta de amor.

Lara Guina
Psicóloga Clínica

http://laraguina-psicologa.blogspot.com/

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:15

Ignorantes

por neves, aj, em 26.04.08

PhotobucketApesar de continuar alérgico ao Cravo (ao vermelho nem tanto) o Presidente da República não teve pejo em chamar de ignorantes os jovens portugueses no que toca a conhecimentos sobre a Revolução dos Cravos acusando-os ainda de pautarem "pelo total alheamento relativamente ao que era viver num regime autoritário". Em verdade vos dizemos que temos de concordar com esta passagem dodiscurso do Prof. Cavaco Silva na sessão evocativa dos 34 anos do 25 de Abril de 1974 que decorreu na Assembleia da República, o Parlamento Português.
Quem nos lê atentamente (o que nem sempre será fácil, confessamos) sabe que em mais do que uma ocasião afirmámos que um dos nossos temores na sociedade portuguesa é um "regresso ao passado" por falta de esclarecimento da nossa juventude, embora tenhamos complementado que estaria sempre nas nossas mãos, mais velhos, evitá-lo. Já dissemos também que a nós pessoalmente não nos incomoda a exposição pública da gravata ou das botas de Salazar ou de outros que sustentaram aquele regime autoritário e o que temíamos era sim esse "deixa andar", a indiferença, dos nossos jovens que não buscam saber nada de nada do que antes se passou, nem sequer os acontecimentos a que essa gravata e essas botas poderiam ter assistido, acreditando piamente no que os falinhas mansas lhes dizem e alinhando no esquema porque é moda tanto que o mano mais influente do grupo (aquele que veste marcas é craque com as gajas sabe as últimas e todas as outras) também alinha.
No entanto não seremos tão duros de palavras quanto o PR já que o eternamente jovem que cada um transporta nos conta em segredo que esse alheamento da juventude é mais por nossa culpa, de nós mais velhos, e novamente repetimos o que já dissemos: é necessário nós, pais, Escola e sociedade, contar, contar o que os nossos pais nos revelaram e revelar o que sabemos, contar sem medo nem vergonha os nossos temores de então, o que vimos e aquilo de que nos apercebemos e ainda o que lemos sobre esses anos de ditadura que colocaram Portugal não na cauda mas fora da Europa... isto acreditando que o controlo ainda não esteja perdido, que os pais ainda não se tenham deixado embalar pelo embalo daqueles filhos que lhes dizem que agora os tempos são diferentes, que as ideologias acabaram e o make love era pura treta e que agora se faz guerra sim senhor se necessário para revelar o poder, que o que conta é atingir uma boa posição social e económica, o topo, ultrapassando tudo e todos não se questionando sequer se a manobra é mal intencionada, e os outros que se lixem.

Em complemento às palavras do Presidente da República e inspirados, se desejarem influenciados, porcomentário que lemos recentemente virá então bem a propósito recomendar ao Poder Local, no caso específico à nossa Autarquia de Santa Comba Dão, que em próximas comemorações da Revolução do 25 de Abril a Festa seja maior e mais específica, temática, que para além das apetecidas e indispensáveis actividades desportivas que outras estejam presentes: pintura, música, teatro... mas, note-se bem, que também as outras forças, políticas e associativas, não fiquem na indiferença e que em cooperação ou não com o executivo façam algo:

p'la memória, p'lo presente e p'lo futuro, p'lo 25 de Abril, Sempre, por Portugal!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:43

Pág. 1/6





calendário

Abril 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930