Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Calendário 2009

por neves, aj, em 30.11.08

«Curar às vezes; aliviar frequentemente; cuidar, sempre»

PhotobucketPerguntar-nos-ão o que terá a ver o calendário do próximo ano com esta imagem de meia-dúzia de meio-desnudadas graciosamente espojadas em corredor que chega a dar ideia de ser de hospital público em dia normal de atendimento.
Tá claro que muito, responderemos.
Para já o calendário do novo ano sempre foi o local por excelência para anónimas sem créditos suficientes para capa da Playboy, da GQ ou similares revelarem a sua nudez ao mundo... para gáudio do Zé Povinho diga-se em abono da verdade que sem crédito bancário para adquirir as citadas revistas tem assim direito a viajar gratuitamente por curvas e contra-curvas de montes e vales suspensos nas paredes das castiças barbearias e tascas por esse Portugal afora. Por outras palavras, os calendários (e suas peladonas) estrategicamente colocados em locais maioritariamente povoados de público masculino eram, ou ainda serão, as playboys dos pobrezinhos.
Depois, a imagem é na realidade uma redução de fotografia de calendário. Do mês de Dezembro de 2009 mais propriamente e de calendário criado pelos finalistas do Curso de Medicina de uma faculdade espanhola (Faculdade de Medicina de Vale d' Hebrón) de modo a angariarem fundos para custearem a viagem de fim de curso.
Ora não poderia surgir melhor oportunidade para colocarmos já no ar o habitual calendário de Voz do Seven que todos os anos temos vindo a construir e que apelidamos de luso-brasileiro por nele constarem as datas mais significativas, os Feriados afinal, das duas Pátrias Lusófonas que, apesar de separadas por tanto mar tanto mar, teimamos em unir por ponte  harmoniosa de modo a que o Atlântico ainda se torne mais estreito. Entusiasmados, aproveitámos para construir também apresentação de slides com as fotografias dos futuros doutores a emoldurarem as folhas dos meses do nosso calendário.
Está então apresentado 2009, lembrando assim que podem aceder desde já, e aqui, o (nosso) CALENDÁRIO 2009, e sempre (durante um ano, claro) a partir de ligação na página principal de cada um dos modelos do Voz (logo abaixo da folha do mês) e ainda, para acabar em festa, convidamos-vos também a apreciarem a nossa citadaobra em PowerPoint e onde pretendemos igualmente homenagear os ousados finalistas, médicos e médicas de amanhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:56

Pinguinzinho vs Vale de Açores

por neves, aj, em 29.11.08

Campeonato Distrital de Escolas (Juniores E) da AF Viseu, Série F
8ª jornada – 1ª Fase

O Pinguinzinho 19-0 Vale de Açores

Início da segunda volta desta 1.ª fase do Campeonato.
Jogo disputado no Estádio Dr. Estêvão de Faria, em Santa Comba Dão, numa manhã muito fria com chuva. Estado do terreno em péssimas condições devido a ter-se disputado anteriormente e nessa mesma manhã o desafio da nossa equipa de Infantis.
Convocados d' O Pinguinzinho: Diogo Garrido (guarda-redes), Bruno (guarda-redes), Xavier, João Morgado, André, Rafael, Leandro, Gabri, Kikinho, Marques, Gaspar e João Morais.
Constituição da equipa inicial: Diogo (guarda-redes), Xavier, João Morgado, Rafael, André (capitão), Gabri e Marques.

Batemos o nosso próprio recorde

PhotobucketNeste Sábado, dia 29 de Novembro, O Pinguinzinho recebeu a equipa do Vale de Açores. Não se esperavam grandes alterações em relação ao jogo da primeira volta (vitória dos de Santa Comba por 17-0), embora se comentasse que a equipa adversária tinha vindo a melhorar com o decorrer do campeonato.
De facto o Vale de Açores parece estar melhor, mas a equipa da casa não se deixou intimidar e logo aos 25 segundos de jogo o nosso goleador Marques fez o 1-0. A partir daqui pouco mais há a dizer, os golos foram surgindo naturalmente, sempre com a equipa da casa ao ataque. O Vale de Açores não criou qualquer oportunidade de golo, não tendo o guarda-redes Diogo Garrido feito qualquer defesa no decorrer da 1.ª parte e depois o substituto Bruno, entrado na 2.ª parte e que se estreou no campeonato, também não teve qualquer trabalho. Tarefa complicada para estes dois jogadores, sim, mas derivada ao frio e à chuva que se faziam sentir.
Os golos foram marcados pelos seguintes jogadores: Marques (5), Gabri (5), Rafael (3), André (2), Kikinho (2), Xavier (1) e Leandro (1).
Pouco mais há a dizer, pois contra factos não há argumentos e o resultado espelha o que se passou no decorrer do jogo.
A única coisa que podemos comentar é que a nossa força continua a mover-nos para a vitória e o importante é acreditarmos que estamos aqui para vencer!
No próximo Sábado, dia 6 de Dezembro, pelas 10 horas e 30 minutos, O Pinguinzinho desloca-se ao Carregal do Sal para disputa de jogo referente à 9ª Jornada, o segundo da 2.ª volta.
E como é equipa? Estamos lá para quê? Vencer, Vencer, Vencer!
Assim o esperamos!

Rafael Fernandes
Santa Comba Dão

resultados e classificação

equipa de Escolas

futebol jovem santacombadense


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:11

Negócio da China

por neves, aj, em 29.11.08

clicarÉ título de novela, brasileira, produção da Globo.
Falamos aqui nela porque participam actores portugueses. Só por isso, atente-se, já que novela continua a ser praia onde não gostamos de mergulhar. Acidentalmente a Maria, a nossa Maria, apanhou reportagem televisiva sobre o "núcleo português", como lhe chamam e que o Blogue da Embaixada reproduz, e em verdade vos dizemos que foi deveras gostoso ouvir, tornar a ouvir claro, a voz  da baixinha, da grande Maria Vieira. Os outros actores não os conhecemos (verdade seja dita que continuamos a cultivar a ignorância nessas coisas de teatro, televisão e etecetera e tal) mas sabemos que um deles tem por costume andar por cá em trabalho novelístico noutras produções, da Globo claro, já que é estação televisiva quando deita mãos a um actor é pior que polvo agarrado a presa só o largando quando bem entender, se chegar a entender. É bem capaz de o colocar na geladeira (na prateleira por terras lusitanas) pagando-lhe o salário, é certo, mas impedindo-o de actuar noutro lugar... Chico Anísio que o diga. A eles, aos actores e actrizes, até lhes chamam "globais" e a rédea é tão curta que que só falam quando a dona entende e só dizem o que ela quer. Mas, cala-te boca como dizia o Jô (agora a ficar bem idiota, diga-se de passagem) porque senão ainda seremos mexilhão obrigado a lutar contra tubarão para provar em tribunal o que todos dizem por aí e não saberíamos como. Ah... esse tal nosso patrício de quem falamos dá pelo nome de Ricardo Pereira, é o da esquerda na foto, dizem que é galã, e alguns (ou algumas) até se atrevem a narrar que é bem resolvido com o mulherio (mulherada por cá). Em vias de tal, não nos admira que os dores de cotovelo de plantão tratem de inventar mais umas piadas de português, burro e veado (bicha,paneleiro), nem se lembrando eles que o crescei e multiplicai-vos no povoamento da ex-colónia não foi de maneira alguma obra sobrenatural por vontade de espírito santo algum.
Enfim... e em crónica de Negócio (da China) finalizamos assim porque achamos que é já tempo de acabar com esse negócio de piadinhas em programas televisivos e que o limitem aos serões familiares... onde não esteja presente um lusitano orgulhoso de o ser, claro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:13

O Pinguinzinho vs Lajeosa do Dão

por neves, aj, em 24.11.08

ACrónica do Rafael

Campeonato Distrital de Escolas (Juniores E) da AF Viseu, Série F
7ª jornada – 1ª Fase

O Pinguinzinho 17-0 Lajeosa do Dão

Jogo disputado no Estádio Dr. Estêvão de Faria, em Santa Comba Dão, em manhã muito soalheira.
Convocados d' O Pinguinzinho: Diogo Garrido (guarda-redes), Leonardo (guarda-redes), Xavier, João Morgado, André, Rafael, Leandro, Gabri, Kikão, Marques, Rui Pedro e Roberto.
Constituição da equipa inicial: Diogo Garrido (guarda-redes), Xavier (capitão), João Morgado, Rafael, André, Gabri e Marques.

E... ninguém os pára!

PhotobucketNeste fim de semana mais um jogo e mais uma vitória folgada dos jovens atletas d' O Pinguinzinho. A vítima, desta vez, foi a equipa da Casa do Povo da Lajeosa do Dão que levou para casa 17 golos. A supremacia d' O Pinguinzinho foi evidente conforme o resultado traduz.
Com, mais uma vez, a equipa d' Pinguinzinho a não dar inicialmente qualquer hipótese ao adversário, surge o 1-0 logo no primeiro minuto do encontro através do nosso goleador Marques. Os minutos passavam e os golos surgiam naturalmente, sendo de realçar um bonito golo de Xavier. Ainda na primeira parte é assinalado um penalty a favor da equipa da casa cometido sobre Rafael (que saiu da jogada com uma pequena lesão) e que foi convertido por André. Ao intervalo a equipa da casa já contabilizava dez golos.
Na segunda parte o técnico Michel fez rodar novos jogadores, sendo de salientar a estreia de Roberto. Mas nem mesmo assim a equipa adversária conseguiu criar qualquer oportunidade de golo e, curiosamente, foi a equipa da casa que entrou com vontade de fazer ainda mais golos obtendo 17-0 como resultado final.
Os golos foram obtidos por  Marques (5), o goleador da equipa, Xavier (3), Rui Pedro (3), Rafael (2), Gabriel (2) e André (2).
Mais nada há a dizer, pois o resultado fala por si!
No próximo Sábado, dia 29 de Novembro, começa a segunda volta desta 1ª Fase do Campeonato e O Pinguinzinho vai defrontar o Vale de Açores, às 10h e 30m, no Estádio Dr. Estêvão de Faria. Atente-se que na Segunda-feira imediata, dia 1 de Dezembro e Feriado Nacional, O Pinguinzinho defronta no seu estádio, também pelas dez e meia da manhã, a equipa do Carregal do Sal em jogo que está em atraso e é referente à 2ª Jornada.
Boa sorte equipa e que a garra d' O Pinguinzinho prevaleça sempre!
Em final de crónica gostávamos ainda de deixar um recado, dirigido especificamente aos adeptos que acompanharam a equipa do Lajeosa até à nossa hospitaleira cidade: nós somos crianças e o que precisamos é de apoio e não de sermos vaiados; não se esqueçam que quem estava em campo, colegas e adversários, eram os futuros homens de amanhã! É muito desagradável o capitão da equipa da Lajeosa se sentir na obrigação de ter de mandar calar os seus próprios adeptos(?) porque eles passaram o tempo a enxovalhá-los. As crianças precisam que as ensinem, não que as condenem!

Rafael Fernandes
Santa Comba Dão

resultados e classificação

equipa de Escolas

futebol jovem santacombadense


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:28

Académica em directo

por neves, aj, em 23.11.08

20:15 horas em Coimbra, 18:15 horas em São Paulo

Photobucket... ao vivo, se preferirem, mas nesta crónica não vamos falar só do desafio da Briosa com o Benfica.
Tenha-se em consideração que esta entrada leva especial dedicatória para todos os que, como nós, se encontram ausentes do solo pátrio e que não têm acesso às emissões televisivas, mas está claro que não única e especificamente para eles (afinal nós) tanto mais que a ligação que iremos oferecer permite aceder a toda e qualquer (ou quase) transmissão de desafio de futebol a disputar no globo terrestre.
Em tons de aviso leve-se em consideração que o bom visionamento de imagens animadas via internet depende da máquina que temos e da velocidade de ligação, e assim lançamos desde já o alerta de que uma grande fatia de utilizadores poderá sentir uma certa frustração com a qualidade das imagens recebidas, mas, caros amigos e amigas, a cavalo dado não se deve olhar o dente. Claro que uma condição é necessária: que alguns programas que permitem esse visionamento estejam instalados na nossa máquina, como o Media Player, por exemplo, e que quase de certeza todo o utilizador tem instalado. Mas há mais programas não sendo no entanto a sua instalação indispensável já que o tal sítio que vos queremos apresentar dá sempre uma alternativa para utilizar o Media Player (pelo menos nos casos que assistimos).
Bom, deixemo-nos de treta e vamos ao que interessa. O portal que permite visionar gratuitamente os jogos dá pelo nome de MyP2P e o acesso aos vários desafios de futebol em directo ou ao vivo, afinal a razão que nos levou a escrever mas outros desportos podem ser assistidos, pode ser feito aqui: FUTEBOL EM DIRECTO, sendo que a ligação também vai ficar na coluna dos links de Voz do Seven.
De imediato o visitante se depara com diversos desafios onde o nome dos clubes e a hora do jogo estão bem em destaque. Lembra-se que este horário é Hora CET ou TMG +1 (nesta altura do ano), afinal a hora da Europa Central, mas que pode ser alterada para a Hora do Fuso onde nos encontramos. Após escolher o desafio que pretende visionar (existem várias páginas, não só a que se nos apresenta inicialmente) deve o visitante clicar sobre um ícone formado por uma pequena TV com uma seta (colocado no extremo direito da linha do respectivo desafio). Este clique leva-nos então aos vários canais oferecidos... é experimentar, experimentar cada um desses canais clicando em play,lembrando que uns oferecem melhor qualidade e outros podem não abrir.
Finalizamos deixando a ligação (no ícone) ao clássico entre estudantes e encarnados, mas ainda nos cumpre fazer o agradecimento público ao grande amigo Spiritwolf, mentor d'
A Chama do Dragão, que nos facultou tão saboroso (e útil) sítio de transmissões de eventos desportivos que acontecem pelo mundo.

Académica de Coimbra Photobucket SL Benfica  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:09

Nuvens sobre São Paulo

por neves, aj, em 23.11.08

Photobucket

Na tarde de ontem, Sábado, a mega-urbe ficou pequenina sob enorme manto de nuvens negras carregadas. Claro que choveu com intensidade e até houve pontos de alagamento. No entanto pela zona onde residimos nem por isso exceptuando um período inferior a uma hora, talvez entre as 15 e as 16 horas, em que esgalhou bem. Depois, eram para aí umas sete e meia quando a chuva nos visitou novamente (estava a Portuguesa a caminhar paraempate comprometedor no Canindé, onde caía água com fartura, e nós a conversar com o amigo João via msn), mas nada de especial que chegasse a assustar, tanto que nem relâmpagos de trovoada se fizeram ouvir.
Como de costume, um clique na imagem (aqui distorcida) leva à fotografia em tamanho normal sendo esta digamos que tenebrosa mas mui bela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:17

Chocolate

por neves, aj, em 20.11.08

 (dai-nos coragem ó deuses para digerir estes 6-2)

PhotobucketHoje à hora da bica lá pela Lusitânia, e por todo e qualquer canto do mundo onde se fale futebol, o banho de ontem no Bezerrão será o centro das conversas. Por mais patriota e/ou fanático que seja pelas cores verde rubra da Nossa Selecção não haverá adepto torcedor que não se sinta obrigado a admitir: Portugal levou (ou tomou) um banho, tão gélido e vexante quão doloroso, porque, caros amigos e amigas, ser obrigado a engolir meia dúzia de batatas (SEIS, c'um raio) é vergastada que humilha e faz doer mais que vime verde chicoteando nádegas nuas.
Ora, por aqui o banho é chocolate e dir-se-á, diz-se claro está e o Bueno da Globo não se esqueceu de o dizer, que o Brasil deu ontem um chocolate em Portugal em desafio que até começou bem para as cores portuguesas, mas que num ápice virou para a canarinha. Claro está ainda que cada um verá as coisas à sua maneira e conforme o lado que ocupa na barricada, mas os lamentos lusitanos sobre as hipotéticas falhas de marcação e concentração em alguns golos sofridos (golos patéticos, Queiroz dixi) terão que ser de imediato abafados pelas (merecidas) manifestações de regozijo dos brasileiros que dirão que souberam criar espaços e fugir às marcações. Por outras palavras: não tentemos justificar a nossa derrota com (hipotéticos) erros cometidos e tenhamos sim a hombridade de admitir que os outros foram superiores.
No final desta breve crónica (pudera...) há uma palavra que não sai da cabeça deste luso adepto que daqui a pouco será obrigado a enfrentar a turba: atitude. Para onde foi a atitude desta Selecção que agora mais parece barca a rodopiar no meio do Atlântico? Tomem-se medidas, pá. E imediatas. Será que ninguém vê que a barca anda à deriva? Não nos interessa se é culpa dos marinheiros, do timoneiro ou de toda a maralha que habita pela Praça da Alegria (afinal já não moram por lá, e sim nestepalácio), a verdade é que o rombo cresce a olhos vistos e ninguém toma uma posição. A pouco e pouco o respeito granjeado nos últimos tempos vai-se esfumando e não tarda sermos novamente considerados como um saco de pancada, os patos da Ibéria, talvez. Queiroz pede-nos tempo, mas com o devido respeito: ou não anda bom da cabeça (tempo em futebol de alta competição?) ou então realmente não tem unhas para comandar a barca e está à espera que a coisa se componha por si própria (até tem marinheiros para isso) ou por alguma intervenção superior (umas dicas do outro lado da Mancha).
E com o coração na boca voltamos a bradar: ATITUDE, tome-se uma atitude, carago! (carago sim que se diz carago, porque está dicionarizado)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:19

Calendário 2009

por neves, aj, em 20.11.08

calendário 2010

Photobucket

calendário 2009
documento adobe pdf

calendário 2009
apresentação PowerPoint

calendário 2009
documento word

 calendário 2010

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:34

Os Pestinhas vs O Pinguinzinho

por neves, aj, em 18.11.08

ACrónica do Rafael

Campeonato Distrital de Escolas (Juniores E) da AF Viseu, Série F
6ª jornada – 1ª Fase

Os Pestinhas 1-8 O Pinguinzinho

Jogo disputado no campo n.º 2 do Estádio João Cardoso, em Tondela, de relvado sintético.
Manhã de sol, boa para praticar futebol.
Convocados d' O Pinguinzinho: Diogo Garrido (guarda redes), Leonardo (guarda redes), Xavier, João Morgado, André, Rafael (2 golos), Leandro, Messi, Gabri (2 golos), Kikão, Marques (3 golos) e David (1 golo).
Constituição da equipa inicial: Diogo Garrido (guarda-redes), Xavier e João Morgado (defesas); Rafael (médio direito), André (médio centro) e Gabri (médio esquerdo e capitão de equipa); Marques (ponta de lança).

A peste (inha) não contagiou O Pinguinzinho...

PhotobucketDesafio deveras importante para as duas equipas. À partida ambas se encontravam só com vitórias, embora O Pinguinzinho tivesse menos um jogo.
A equipa d' Os Pestinhas a jogar no seu reduto era favorita, mas cedo se viu que a equipa d' O Pinguinzinho estudou muito bem o adversário, não mostrando qualquer receio.Os atletas que vieram de Santa Comba Dão tinham afinal sabido assimilar o que o jovem técnico Michel pretendia.
A equipa d' O Pinguinzinho revelava-se superior e, logo aos 8 minutos, Gabriel rasgou o lado direito da defesa contrária e abriu o activo. Estava feito, assim, o 0-1.
Passados 3 minutos, foi a vez de Rafael que de cabeça aumentou para 0-2. A equipa d' Os Pestinhas não tinha tempo para respirar, porque estava frente a um adversário muito forte com uma defesa de betão: João Morgado (um nome a ter em conta) esteve simplesmente fantástico, e também Xavier, o pilar da equipa d' O Pinguinzinho, não deixaram os atacantes d' Os Pestinhas chegar à baliza do guarda-redes Diogo, que, diga-se de passagem, não teve qualquer trabalho nesta primeira parte.
Aos 18 minutos Marques preparado para rematar dentro da área adversária foi empurrado por um defesa, mas o árbitro não apitou ficando assim uma grande penalidade por assinalar. Passados 2 minutos foi a vez de Gabriel sair com a bola por ali fora sem ter qualquer defesa que o acompanhasse fazer o 3.º golo do encontro e o seu 2.º golo, estava feito assim o 0-3.
Na segunda parte a equipa d' Os Pestinhas regressou com o intuito de dar a volta ao resultado e logo na primeira jogada um jogador dos Pestinhas isolou-se e rematou às malhas laterais. Mas foi sol de pouca dura, já que na resposta Marques, uma autêntica gazela à solta, fez o 0-4.
Aos 28 minutos João Morgado fez um corte soberbo, a fazer lembrar o verdadeiro Baresi (Milão A.C.) e a impedir que o avançado se isolasse, voltando a repetir a proeza aos 35 minutos... de facto jogador em destaque.
Aos 36 minutos foi a vez de Rafael, do lado direito, com um passe de morte cruzar para Marques que fez o 0-5, o seu 2.º golo no jogo. Aos 39 minutos é a vez de Leandro, entrado na segunda parte, a rematar de fora da área, mas à figura do guarda-redes. Logo de seguida, o irrequieto Marques sofre falta fora da grande área e André é chamado a marcar; prepara a bola, concentradíssimo, olha para a baliza e eis que acontece um remate espectacular à barra, batendo depois no solo, ficando a ideia de que foi golo, mas o árbitro não validou... parecia o Deco!
Aos 45 minutos carga sobre Marques, e aqui sim, o árbitro viu, assinalando a marca do castigo máximo que o próprio Marques converteu para fazer o seu "hack trick" e o 0-6.
David que acabara de entrar e a fazer a sua estreia, é presenteado por um autêntico brinde da equipa da casa e faz o 0-7, aos 46 minutos. Passados 2 minutos foi a vez de Rafael bisar e fazer o 0-8 do encontro.
Diogo Garrido dá o lugar a Leonardo, aos 48 minutos, mais uma vez em jogo sem trabalho. E aos 50 minutos a equipa da casa marca o seu golo de honra. Ficando assim o resultado final em 1-8.
Sinceramente esperávamos mais da equipa dos Pestinhas!
No próximo Sábado, dia 22/11, às 10:30 horas, O Pinguinzinho recebe o Lageosa no Estêvão de Faria.
... e sempre com o mesmo lema: Vencer, Vencer, Vencer!!!

Rafael Fernandes
Santa Comba Dão

resultados e classificação

equipa de Escolas

futebol jovem santacombadense


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:00

213.245.33.250

por neves, aj, em 17.11.08

... já lá vai o tempo em que o que vinha de França é que era bom

Voz do Seven foi contemplado com um comentário insultuoso que mesmo não sendo dirigido directamente a nós, mentores deste espaço, merece destaque por nos fazer lembrar tempos idos em que todo aquele que não fosse a favor do sistema, da situação, era apelidado de comunista.
Assim, se o ousado fosse denunciado por um bufo não tardaria muito a aparecerem uns senhores vestidos de fato (terno) preto e o recém eleito comuna (que provavelmente nunca teria ouvido falar de Marx ou Lenine) lá iria para os calabouços da nefasta PIDE onde passaria por uns apertos, leia-se tortura, e mesmo que se livrasse de Caxias ou Peniche, ficaria para todo o sempre etiquetado de "contra a situação".
Sinceramente vos dizemos que é por estas e por outras que algumas vezes a nossa razão nos leva a dizer um NÃO peremptório ao tão propalado Centro de Estudos, que quer queiram quer não ficará conhecido popularmente como Museu Salazar ou porque é mais fácil de fixar e pronunciar ou porque os interessados se encarregarão de assim fazer publicitar nem que seja entre-linhas.
Claro que o insulto dirigido ao nosso colaborador já foi apagado, mandado não para o Tarrafal (como poderia acontecer no tempo de Salazar) antes sim para a fossa do ciberespaço onde flutua toda a trampa. Mui provavelmente as vozes saudosistas dos oportunistas da Democracia irão criticar-nos bradando em histeria que não somos espaço democrático. Que se lixem ou que se danem esses gajos porque aqui no Voz do Seven a democracia existe, Abril está sempre presente e somos de mente bem aberta para aceitar críticas, só que elas não podem atacar pessoalmente e de forma barata o autor de um escrito só porque ele comunga de outra ideia. Quem não cumpre essas (nossas) regras é banido e pronto... claro que estão à vontade para nos chamar de ditador, mas marimbamo-nos.
Claro ainda que o cobarde comentador (ou comentadora) não se identificou e estamos mesmo a vê-lo escondido que nem rato no escurinho do seu gabinete ou quarto de dormir a soltar risadinhas de escárnio por a coberto do anonimato da internet ter despejado o seu fel sem ser visto e ter enganado uns quantos patos deixando-os na dúvida sobre a origem de tão escabroso comentário. No entanto não existem crimes perfeitos e se não nos é possível chegar exactamente até ele (ou ela) que escreveu o dito, é pelo menos possível saber qual o provedor que usa, afinal "quem" lhe permite aceder à internet. Assim, estivéssemos nós perante crime de gravidade acentuada (aqui é apenas mais uma voz que não chega aos céus) seria indicado à Justiça e esse provedor seria accionado sentindo-se depois na obrigação de denunciar a identificação do meliante... é que mesmo acobertado entre ondas cibernéticas tenhamos sempre em conta que cada um dos utilizadores deixa um rasto.
Esse rasto dá pelo nome de IP (Internet Protocol), afinal um conjunto de números que representa o local onde um determinado equipamento (computadores) lança a informação para o espaço, e o IP que acompanhava o comentário é o que dá título a este nosso artigo: 213.245.33.250
Sinceramente que quando partimos em busca do local [pelomaxmind] até estávamos convencidos que iríamos parar na nossa ditosa Santa Comba Dão, ou pelas redondezas, já que no artigo onde o comentário foi aposto se faz crítica ao executivo da nossa cidade, mas para nosso espanto fomos parar a França e surgiu-nos logo a interrogação: com que atrevimento se manda alguém para outra terra se afinal nós próprios estamos em terra alheia? (ao que tudo indica, claro)
Para que não julgueis que estamos para aqui a defecar sentenças ou postas de pescada diremos com mais pormenor que o provedor de onde partiu a mensagem construída de forma que envergonha a Língua e até enobrece o mal parido acordo (
este senhor que va para aterra dele estou cheio decomunista ja esta fora de moda portugal presisa de gente seria nào de comiloès) se encontra instalado na Região de Île-de-France mais propriamente na cidade deParay-Vieille-Poste e que o local exacto, vejam lá o que é a tecnologia, possui as seguintes coordenadas: 48,7167 (quarenta e oito graus mais uns trocados) de latitude e 2,3667 (dois graus e tal) de longitude. Na posse destes elementos e pelowikimapia não nos foi difícil localizar a rua e até o próprio edifício do provedor [empresa NUMERICABLE, cremos], mas acreditai que em toda esta acção de Sherlock a que nos propusemos não tivemos o intuito de tentar desmascarar quem quer que seja antes sim alertar todos os que se refugiam na escuridão que na internet o anonimato não existe e que a partir da identificação do provedor a localização e identificação de todo o utilizador é possível.
Em linguagem mais simples e em tentativa de uma melhor compreensão diremos que sabemos exactamente qual o "número de telefone" (213.245.33.250) de onde partiu o "telefonema" anónimo, mas não sabemos a quem pertence ou onde reside especificamente, no entanto sabemos identificar com precisão a "central telefónica" que serve esse "telefone" e que, como é lógico, também faz o registo de todos os "telefonemas".
Em final de investigação que o esclarecimento sirva para algo, nem que seja para envergonhar os cobardes que se escondem com o rasto de fora!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:49

Pág. 1/3





calendário

Novembro 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30