Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Saco Azul

por neves, aj, em 15.11.08

(o macaco ao serviço da linguística)

clicar para ampliarSaco Azul, tal como é conhecido por terras lusas, não tem o mesmo significado por estas bandas.
Por aqui, esse arrecadamento à parte de uns dinheiritos públicos é chamado de Cofre–2 já que saco é, pode ser, essa coisa aí bem notória caprichosamente nesta fotografia em cor azul.
E por essa conotação (do saco) ser tão vasta é que no supermercado têm o cuidado de não nos oferecerem o saco para trazer as compras e sim uma sacola. Mais saco ainda: quando alguém nos maça de modo a levar-nos a perder a paciência está a encher-nos o saco... que saco, diremos, e se por outro lado alguém não se cansa de nos adular é porque nos está a puxar o saco, e ele (ou ela) é o chamado puxa-saco afinal o lambe-botas do outro lado da banheira atlântica. Curiosamente temos cá em casa um puxa-saco que um belo dia trouxemos de uma feira de artesanato, contudo é na verdade um guarda-sacos e quem lhe puxa o saco somos nós.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:47

Bond

por neves, aj, em 15.11.08

(hoje estive aí, ou quase)

My music is Bond, Bond Girls com André Rieu em Victory... energia a rodos, resmas, paletes de energia capaz até de nos fazer subir aos céus e atravessar num pulo a montanha de água que nos separa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:36

TV e crianças

por neves, aj, em 15.11.08

A  propósito d' As crianças e a televisão, artigo de opinião da nossa colaboradora Drª Lara Guina, não podemos deixar de vos oferecer vídeo que temos alojado no nosso Youtube e ainda texto que circula por aí e que, por interessante, guardámos na "pasta dos arquivos que dão que pensar".

A professora Ana Maria pediu aos alunos que fizessem uma redacção sobre o que eles gostavam que Deus fizesse por eles. À noite, ao corrigir as redacções, ela deparou-se com uma que a deixou muito emocionada. O marido, ao entrar em casa, viu-a a chorar e perguntou: "O que aconteceu?" Ela respondeu: "Lê esta redacção".

Quero ser um televisor...

Senhor, esta noite, peço-te algo especial: transforma-me num televisor.
Quero ocupar o lugar dele. Viver como vive a TV da minha casa. Ter um lugar especial para mim e reunir minha família ao meu redor.
Quero ser o centro das atenções, ser ouvido sem interrupções e sem perguntas e ser levado a sério quando falo.
Quero receber o mesmo cuidado especial que a TV recebe quando não funciona.
Quero ter a companhia do meu pai quando chega a casa, mesmo que esteja cansado. Que minha mãe me procure quando estiver sozinha e aborrecida, em vez de me ignorar. E ainda que os meus irmãos briguem para estar comigo.
Quero sentir que a minha família deixa tudo de lado, de vez em quando, para passar alguns momentos comigo.
E, por fim, que eu possa divertir todos.
Senhor, não te peço muito... Só quero viver como vive qualquer televisor!

"Meu Deus, coitado desse menino. Que descuido o desses pais", exclamou o marido de Ana Maria.
E ela responde-lhe: "Essa redacção é do nosso filho"
.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:47




calendário

Novembro 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30