Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dá cá o meu...

por neves, aj, em 20.12.08

... afinal a minha.

(e tá claro que a filhex tinha que vir à baila)

PhotobucketNascidas há 20 dias no mesmo hospital em intervalo de uma hora, Luanna e Nicole foram trocadas logo à nascença como comprovou exame de ADN (DNA em inglês) solicitado por um dos casais. A desconfiança de que algo não estaria correcto surgiu ainda no quarto da maternidade e da parte de uma das mães que se apercebeu que na pulseira da menina que lhe deram constava um nome que não o seu, e sim, como se comprovou, o nome da parturiente que ocupava a cama ao lado. Ao que consta a equipa de enfermagem não considerou relevante... bom, tudo acabou em bem com a devolução das respectivas filhas aos legítimos pais e num período de tempo que se tem de aceitar bem curto, apesar de que é sempre situação deveras chata, aborrecida, que se não fora a "teimosia" de uma mãe em pôr tudo em pratos limpos poderia ser mais um caso jamais descoberto ou, pior talvez, posto a nu muito mais tarde e quando fortíssimos laços emocionais e sentimentais estivessem criados entre os pais e o "filho errado"... ufa, felizmente que quando nasceu a filhex a cama ao lado estava vazia e numa outra já estava uma mãe com um rapaz, para além, claro, de toda a certeza absoluta do mundo estar correctamente escrita na pulseira e ser tão parecida com o pai, este baboso, que redige.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:32

Marlise Semedo, desapareceu

por neves, aj, em 20.12.08

A Marlise já apareceu
e-mail de sua mãe



DIVULGUE

... ausente o mediatismo dado a Maddie McCann valha-nos a solidariedade de todos nós, comuns mortais, gente simples que corre sem interesses, para tentar acudir a uma mãe desesperada, Georgina Robalo, que nos enviou mail acompanhado da foto que publicamos apelando para fazer a divulgação do desaparecimento de sua filha, Marlise Mendes Tavares Semedo.

Photobucket

Hoje 20 de Dezembro de 2008 a minha filha continua desaparecida. Apelo à ajuda de todos no reenvio deste apelo:
A Marlise, de 14 anos, desapareceu de casa no dia 23 de Outubro na Idanha, área de Sintra [Portugal].
As autoridades foram alertadas mas até agora não foi encontrada.
Os pais e a irmã estão desesperados.
Se a vir contacte a Polícia ou este email: georginarobalo@gmail.com
Obrigados

Para ver o apelo na íntegra (em inglês e francês também) e seleccionar a melhor forma de divulgação devem os estimados leitores e leitoras clicar aqui para aceder página especial que criámos.
Fica ainda o desejo de que este pequeno abraço de solidariedade transmita força e esperança à mãe, e família, e que o regresso da jovem Marlise ao lar seja uma breve realidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:01




calendário

Dezembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031