Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cão-guia

por neves, aj, em 30.06.09

PhotobucketComo o nome indica é canino treinado (adestrado) para guiar pessoas necessitadas principalmente com deficiência visual e mesmo auxiliá-las nas tarefas domésticas. De porte majestoso é animal de uma fidelidade e dedicação extremas. Calmo e afável sabe desviar-se de obstáculos, parece que não tem nervos e não reage a "provocações" de qualquer espécie podendo assim estar ao lado do seu protegido em todo e qualquer lugar nomeadamente em transportes públicos e em instituições como Escolas, centros comerciais  ou Tribunais, acompanhamento este que é já devidamente legislado em muitos países nomeadamente Brasil e Portugal.
Pode-se dizer que o binómio cão e invisual se fundem num único e como tal deve ser assim respeitado, havendo talvez é necessidade de "educar" os transeuntes que com ele se cruza. É assim esta a missão da apresentação de slides PowerPoint que o nosso cão-guia nos oferece (com um clique sobre ele): pequenos conselhos para o comum dos passantes quando se cruzar com um cego acompanhado do seu amigo e protector cão-guia.
Bem a propósito fica ligação àEscola de Cães-Guia de Mortágua e ao sítio de Poppy, um amigo de cãofiança.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:56

Carvalhesa

por neves, aj, em 30.06.09

Por muito ligados a uma das maiores manifestações culturais em Portugal, a Festa do Avante, os acordes são bem conhecidos do público mas nem tanto a denominação e muito menos aorigem.

 CARVALHESA

Especial agradecimento a um dos colaboradores de Voz do Seven.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:15

No me llames extranjero

por neves, aj, em 30.06.09

(em tempos que se estão tornando perigosamente cada vez mais intolerantes, a voz solidária de Voz do Seven, que não se sente estrangeiro, note-se bem, junta-se a todos os que longe da Pátria de origem lutam pela sua aceitação social)

No me llames extranjero, por que haya nacido lejos, o por que tenga otro nombre la tierra de donde vengo...
Não me chames estrangeiro por haver nascido longe ou porque tenha outro nome a terra de onde venho...

 RAFAEL AMOR - NO ME LLAMES EXTRANJERO

Rafael Amor é poeta e compositor argentino nascido no ano de 1948, precisamente a, atente-se bem,  5 de Novembro. Em 1976 gravou em Espanha NO ME LLAMES EXTRANJERO, canção que depressa se tornou bandeira dos "não nacionais", não só dos imigrados da América do Sul... canción que luego se convertiría en un himno y no solo para los “Sudacas”, como lemos na biografia no seusítio oficial.
Nos finalmentes, cumpre-nos agradecer à amiga açoriana a amabilidade do envio de oportuna e espectacular apresentação de slides PowerPoint que nos permitiu conhecer Rafael Amor e No me llames extranjero.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:03

Feira Medieval em Coimbra

por neves, aj, em 30.06.09

Um clique na foto publicada leva-vos a apresentação de slides PowerPoint que merece a vossa atenção.

Photobucket

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:02

Encontro com Rochas

por neves, aj, em 30.06.09

A foto retrata uma formação rochosa conhecida como Devil's Tower, localizada no Estado de Wyoming nos EUA. A imagem faz parte de apresentação de slides de título ROCHAS e certamente que os menos jovens, os da nossa idade, saberão das razões que nos levaram a dar destaque a esta torre magmática.

Photobucket
clicar na imagem para aceder à apresentação

É que nos idos anos da década de 70 do século passado ela foi personagem-testemunha em filme de Spielberg de unsencontros ou contactos que os sonhos dos jovens de então tanto desejavam que se tornassem realidade.

Trailer do Filme Livro em PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:49




calendário

Junho 2009

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930