Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Copa do Brasil 2009

por neves, aj, em 02.07.09

O agradecimento do mais ilustre dos torcedores corintianos

Corinthians Paulista
vencedor da Copa do Brasil 2009

Photobucket

Corinthians

2-0

Internacional

Internacional

2-2

Corinthians


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:47

Amnistia brasileira

por neves, aj, em 02.07.09

(anistia por cá)

Especialmente direccionado aos cidadãos que se encontram na ilegalidade por terras brasileiras, quer porque permanecem para além do período de tempo concedido no visto de entrada quer porque cruzaram a fronteira na clandestinidade, foi sancionado hoje pelo Presidente Lula da Silva o Projecto de Lei  1664 que os amnistia. O objectivo da regularização, segundo o Secretário Nacional de Justiça, é trazer para a legalidade e garantir cidadania para pessoas que vivem em condições precárias, são vítimas de tráfico humano e, muitas vezes, acabam em trabalho escravo ou degradante, sem qualquer assistência.

Photobucket

A condição única imposta para serem abrangidos pela amnistia é que esses cidadãos a viverem na ilegalidade provem que entraram no Brasil até ao dia 1 de Fevereiro de 2009 e assim poderem usufruir da Cédula de Identidade de Estrangeiro, vulgarmente conhecida como RNE (Registro Nacional de Estrangeiros), como a que reproduzimos e que é, afinal, aquela que nos foi concedida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:42

O falecimento do rei da pop

por neves, aj, em 02.07.09

quem é Pedro Guina

A opinião de PEDRO GUINA


O falecimento do rei da pop

Há pessoas que se destacam na música por serem verdadeiramente fora se série. Essas pessoas, muito poucas marcam gerações. De facto, os anos 80 foram musicalmente fora de série, com grandes nomes e grandes bandas que ainda hoje, passados tantos anos continuam a encher estádios.
Mas desses muitos vultos dos anos 80, cuja qualidade musical ainda hoje é apreciada, há alguns que se destacaram por serem verdadeiramente brilhantes e verdadeiros animais de palco: é o caso dos Queen, da Tina Turner, da Madonna ou do Michael Jackson.
Não há dúvida que, principalmente estes, marcaram gerações. Os Queen ainda hoje passados quase 20 anos da morte de Freddie Mercury continuam a passar diariamente nas rádios. A Tina Turner terminou recentemente uma digressão mundial que encheu estádios vários dias nas várias cidades por onde passou (pena, não tão visitado Portugal).
E não há dúvida que os anos 80 estão mesmo na moda. Grandes bandas e grandes interpretes, voltam aos grandes concertos. É o caso de Madona, Tina Turner, AC/DC, The Eagles (que actuarão brevemente em Portugal), The Cure ou até os Roxette que preparam o seu regresso.
É que estas pessoas continuam a ter os seus fãs, que continuam a ouvir os seus discos e a ver os seus vídeos.
Neste contexto, Michael Jackson preparava o seu regresso com uma digressão mundial e a edição de dois novos discos. Na verdade, tal cantor foi um dos grandes ícones dos anos 80 e 90. Com a sua música e a sua dança, rapidamente se tornou um exemplo de um estrondoso sucesso, tendo o álbum "Triller" sido o mais vendido da história da música.
Afastado dos palcos desde 1993, o regresso parecia ser glorioso. Contudo, a morte repentina no passado dia 25 de Junho, colocou tudo por terra. O anúncio da morte do cantor fez com que a internet perdesse velocidade dado o número de acessos em busca da confirmação da triste noticia. As televisões trataram-no como ele bem merecia, com reportagens, entrevistas etc., sendo o seu funeral um dos directos mais vistos do mundo, batendo mesmo o funeral de Kenedy ou da princesa Diana.
Infelizmente, Michael ultimamente já aparecia bastante debilitado fisicamente, pois que se havia submetido a inúmeras cirurgias plásticas que culminaram na sua mudança de cor de pele,.
É certo que da sua música não surgiu nenhum "hino" como "We are the champions" dos Queen, "The best", de Tina Turner, ou "The final countdown" dos Europe, mas uma coisa é certa, tal como os Queen, Jackson seguramente que continuará a ser ouvido diariamente nas rádios e a vender milhões de discos.

Pedro Guina
Advogado

www.pedroguina.blogspot.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:57

José Sócrates em maré de azar

por neves, aj, em 02.07.09

quem é Pedro Guina

A opinião de PEDRO GUINA

José Sócrates em maré de azar

As eleições europeias foram um verdadeiro terramoto político. Com efeito, contrariando as sondagens, o PSD venceu tal acto eleitoral. Aliás havia uma única sondagem que dava a vitória ao PSD: a sondagem da TSF.
Confesso, que já espera que as coisas corressem mal para o PS. Com efeito a lista de candidatos era, no mínimo cinzenta. Um excelente professor de direito, independente, mas que cultivava vários ódios antigos no PCP e que veio a defender ideias completamente opostas ao PS. Além disso, um ex ministro da saúde, malquerido em muitos concelhos, e o pior que tudo, duas candidatas ao Parlamento Europeu e simultaneamente candidatas a duas Câmaras. Estavam juntos os ingredientes para o desaire eleitoral que se viu e a segunda derrota pessoal de Sócrates, que escolhera Vital Moreira. Sim segunda derrota pessoal, porque a primeira foi a escolha pessoal de Mário Soares para candidato presencial em 2006.
Por outro lado, Paulo Rangel, era um mistério a nível de conversão em votos, mas tinha a seu favor o facto de ser uma estreia em campanha e o facto de ser uma cara nova.
Com efeito, a grande campanha estampada em grandes cartazes regularmente substituídos pelo país não foi suficiente para que o PS afirmasse as suas ideias.
Depois das eleições, Sócrates adoptou uma postura já apelidada de "cordeirinho". Contudo, tal postura, possivelmente se tivesse sido tomada antes das Europeias, o resultado teria sido outro. Tal mudança de postura, foi alvo de acusações pela oposição que logo disse que foi forçada e pouco sincera, tendo-lhe valido a perda do primeiro debate parlamentar após as eleições.
Seguidamente, tivemos a semana passada o segundo debate, o qual até estava a correr bem a Sócrates. Só que o gesto lamentável de Manuel Pinho colocou tudo a perder. Tal gesto de insólita falta de respeito pela casa da democracia foi relatado em todos os jornais, televisões e sites do mundo inteiro. Naquela dia, aquele parlamento, parecia um parlamento dos países asiáticos, em que muitas vezes as coisas são resolvidas à pancada. Mas, antes do gesto, há muito que, enquanto Sócrates discursava, aquele ministro barafustava com os membros do PCP. Aquilo parecia uma sala de aula, onde um professor dá a aula e os alunos estão todos na conversa até que, a certa altura, há algum que faz um grande disparate e é expulso.
Mas o azar de Sócrates não ficou por aqui. Esta semana, o PS decidiu que os candidatos às Câmaras Municipais, não poderão ser candidatos a deputados. Ora, com cartazes de candidatos a autarcas na rua, tal facto, foi um verdadeiro temporal, com muitos candidatos a acusarem o partido de mudar as regras a meio do jogo, sendo certo que, ao que parece, tais candidatos o que queriam era um lugar, fosse ele numa Câmara ou no Parlamento. E com isto, vimos o PS a discutir lugares e não ideias.
Pessoalmente, até concordo com tal medida, a qual dignifica a politica, só tenho pena é que tal medida não tenha sido, adoptada nas Europeias, o que sempre pouparia as criticas dos partidos da oposição.
Esta semana, para mais azar de Sócrates, Manuel Alegre veio defender a eficácia retroactiva de tal decisão, defendendo que Ana Gomes e Elisa Ferreira, eleitas para o Parlamento Europeu e simultaneamente candidatas respectivamente às Câmaras de Sintra e do Porto escolhessem e renunciassem ao cargo do Parlamento Europeu ou às candidaturas autárquicas. Nada mais acertado!
Com todo este azar que acabou de vez com o mito do PS invencível, como já disse Marcelo Rebelo de Sousa, se José Sócrates tem mais duas semanas assim, arrisca-se mesmo a perder as eleições, sendo certo que a última sondagem já coloca o PSD à frente nas intenções de voto.

Pedro Guina
Advogado

www.pedroguina.blogspot.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:48




calendário

Julho 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031