Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Vulcão gelado

por neves, aj, em 28.08.10

 Parece contra-natura mas atente-se que vulcão não é propriamente fogo, vulcão é o cone, o monte, de onde, pela cratera, por vezes são expelidas matérias incandescentes [a lava]. Diz-se então que o vulcão está em actividade. Contudo se não está activo não quer dizer que esteja extinto e sim como que em período de repouso [adormecido] porque as pressões abaixo dele não são suficientemente fortes para fazer os materiais subirem à superfície.

Photobucket
clique para ampliar

A [maravilhosa] fotografia retrata vulcões cobertos de neve no Alasca.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Frustração

por neves, aj, em 28.08.10

Foi lindo de ver-se a tentativa vitoriosa de um grupo de gente [voluntários, especialistas, bombeiros, polícia] em fazer voltar ao mar uma baleia que estava encalhada na costa gaúcha. Contudo foi onda de pouca dura já que ela voltou e não saiu dali mais. Morreu. É sempre triste a morte, mas vá lá saber-se porque a morte destes "bichinhos" comovem tanto.

Photobucket
clique para ampliar

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:10

Leve a bomba para casa

por neves, aj, em 28.08.10

[vá lá saber-se porquê, mas hoje a gaveta das memórias mais antigas não pára de se abrir, involuntariamente note-se bem]

... há uns valentes anos em Portugal havia um anúncio publicitário do leite em pó Primor [as lojas ainda não comercializavam o leite no estado líquido] cujo slogan era deveras engraçado: leve a vaca para casa! Éramos ainda criança [de calção seguramente] e já fazia parte da nossa memória essa vaquinha estampada em cartaz na lateral de uma carrinha VW [uma perua por aqui] de cor avermelhada que costumava estacionar em frente à mercearia Almeida no Largo do Balcão na ditosa Santa Comba. Não temos a certeza se o pescoço da dita era ornamentado com uma corda em forma de colar com a ponta na mão de uma dona-de-casa que caminhava à sua frente, mas cremos que a imagem era assim complementada.

Photobucket
clique para ampliar

Bom, tá-se mesmo a ver porque é que a história do leite Primor nos veio à cabeça: a foto publicada mostra-nos uma bomba de gasolina [a vaca] atrelada ao automóvel acabado de abastecer dando a ideia de que a queria levar para casa, contudo a situação não foi provocada por pressa do condutor mas sim por [grave] esquecimento do frentista [o homem/mulher da bomba de gasolina] ao não recolher a mangueira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:50

Mãe-brava

por neves, aj, em 28.08.10

... porque tem como preocupação proteger a cria, a qual indiferente ao mundo em seu redor trata é de encher a pança [em charmosa e acrobática pose] com o mais saudável dos alimentos: o leite materno.

Photobucket
clique para ampliar

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:07

Vaporizador caseirinho

por neves, aj, em 28.08.10

... devido ao "tempo seco" [porque pelo Brasil o Inverno não é chuvoso, sim o Verão] aumenta a aquisição de humidificadores ou vaporizadores de ar. Diz-nos a notícia que em algumas farmácias o produto esgotou e que as vendas tiveram um acréscimo de 40% em relação ao mesmo período do ano passado.
Contudo, toda a casa tem um vaporizador [humidificador] à mão.

Photobucket
clique para ampliar

É verdade, e cada vez que vemos um aparelho destes vem-nos à memória a "luta das panelas ou dos tachos" que travávamos há quase trinta anos com o objectivo de vaporizar [humedecer] o ar a respirar pela filhex quando afectada por maleita respiratória. Sempre com a extrema preocupação de a mui sensível pele do rosto não ser afectada pelo calor enquanto inspirava o vapor de uma das panelas [fora do fogo] a outra panela fervia ao fogo apenas "com um fundinho de água". Fazia-se a troca umas quantas vezes e verdade seja dita que resultava: a árvore respiratória da ainda bebé abria e os ruídos sibilantes [e enervantes aos ouvidos dos pais] serenavam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:54

Quatro mil desabrigados

por neves, aj, em 28.08.10

... isto se considerarmos que alguma vez estiveram abrigados, porque é sobejamente sabido que nestas zonas das orlas marítimas nas Filipinas nem em condições mínimas dehabitabilidade se pode falar.

Photobucket
clique para aceder álbum de uma verdadeira catástrofe

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:10

Barbatana de tubarão

por neves, aj, em 28.08.10

... apreensão feita pelo Ibama em Belém, capital do Estado do Pará. Avaliada em 80 mil reais [35 mil euros à taxa de hoje] a encomenda seria exportada para Hong-Kong onde se crê que barbatana de tubarão tem propriedades afrodisíacas, contudo o que impressiona na notícia é que se estima que para conseguir a quase tonelada e meia [1,4 t] de barbatanas, seria necessário sacrificar mais de 16 [dezasseis] mil tubarões.

Photobucket
clique para ampliar

Uma curiosidade apontada na notícia é que as autoridades ambientais não conseguiram comprovar se o "resto da carne" também foi comercializada ou se os tubarões foram alvo de uma prática chamada "finning" que consiste na sua captura, amputação das barbatanas e devolução à água [o que levaria o animal a morrer posteriormente e a ficar sepultado no mar evitando aos predadores ambientais a tarefa complicada de destruição das carcaças].

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:08




calendário

Agosto 2010

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031