Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O apoio de Lula da Silva

por neves, aj, em 26.09.10

... que se confunde com o apoio do Presidente e como tal a campanha de Dilma Rousseff tem sofrido algumas críticas: de que a ex-Ministra da Casa Civil será uma Presidente Lula-dependente.
Sinceramente que não o cremos, não só pela personalidade que nos mostra como pelas acções tomadas durante o exercício do cargo que antes ocupava no Governo.

Photobucket
 blogue Dilma 13 - clicar para fotos no flickr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:32

Magalhães de mão

por neves, aj, em 26.09.10

A foto é da autoria do nosso amigo viajante que, note-se, já completou a volta dos 100 dias de bicicleta em Portugal, e foi captada no nordeste de Portugal, mais exactamente na "Terra Flor" uma feira de actividades económicas que se realiza em Vila Flor [a propósito, temos cá em casa um dos produtos da região-azeite]. Como no acomete a firme certeza de que o amigo Guerra dos Santos não leva a mal por lhe termos surrupiado a dita foto [recebemos permissão quando o fizemos a outras] colocamo-la aqui com duplo sentido:

Photobucket
Magalhães e rato [mouse] por 2,90 euros - clicar para ampliar

- um deles para provar a "muito boa gente" que o Povo Português não é tão sisudo e cinzentão como o queiram pintar [pode dizer-se que algumas vezes custa a "abrir-se"], tem sentido de humor e espírito criativo com especial apetência para metáforas, digamos que adora "jogar com as palavras", e o outro para vos apresentar a beleza do Magalhães que uma empresa [J.P. Sá Couto] ofereceu ao amigo Paulo para o acompanhar na sua Volta a Portugal, lembrando aos não esclarecidos que Magalhães [na Venezuela o dito toma o nome deCanaima] é o célebre computador portátil que o Ministério da Educação colocou nas mãos das crianças portuguesas, a preços acessíveis e gratuito para os mais carenciados, ainda em tenra idade escolar e que recebeu diversas críticas de certos sectores da "intelectualidade portuguesa" [não sabemos se por lhes atormentar que um puto da Serra da Gralheira possa navegar pelo mundo, conhecer a Amazónia e as Ilhas do Pacífico] sendo que algumas dessas críticas foram deveras picuinhas como insistir em pregação chata e exagerada que o dito cujo não podia ser considerado genuinamente lusitano [bandeira do governo] devido à origem de um componente qualquer quando o mais importante ficou por enaltecer. Sinceramente que acreditamos que, atacado pelo mesmo pensamento que a nós atacou, o nosso Zé Povinho remetido na sua pacatez secular não se escusou em lhes oferecer soberbo manguito [por aqui banana], porque o que realmente interessa, o que realmente é importante, é que as crianças lusitanas tenham meios nunca antes ao alcance para melhor desenvolverem as suas capacidades e não perderem o comboio do conhecimento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:02




calendário

Setembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930