Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fernando Nobre em S. Bento

por neves, aj, em 04.06.11

quem é Pedro Guina

A opinião de PEDRO GUINA

Fernando Nobre em S. Bento

Finalmente acabou a ruidosa campanha eleitoral. Desta última campanha se houve alguém que se destacou foi Fernando Nobre e, diga-se, pela negativa.
Fernando Nobre apareceu nas presidenciais como um verdadeiro profeta. Ele era contra a classe política e os políticos, pouco faltando para dizer que os políticos eram um grupo de malfeitores. Dizia que ele é que era o verdadeiro independente, pois que Alegre era socialista e Cavaco social-democrata. Muitos socialistas, encantados por tão belas palavras e pelo apoio de elementos da família Soares a tal candidato, assumiram-se mesmo como frenéticos apoiantes do mesmo.
Eu confesso que em política não acredito minimamente em profetas e desconfio sempre daqueles que dizem que os políticos são todos maus, como foi o caso de Fernando Nobre, que, findas as eleições jurou a pés juntos que nunca entraria em nenhuma corrida eleitoral vestindo a camisola de qualquer partido.
O tempo acabou por desmascarar Fernando Nobre, pois que passados cerca de dois meses aparece o mesmo deslumbrado pelo PSD e por Passos Coelho. Claro está que os seus apoiantes, muitos deles socialistas, ficaram indignados ou "estarrecidos" (como referiu Mário Soares), com tal comportamento.
Esta trapalhada política é deveras má para a credibilidade da classe política. Num momento em que é necessário moralizar a vida política, este episódio é absolutamente lamentável.
Este infeliz episódio resume-se a três palavras: oportunismo, demagogia e vaidade. Oportunismo porque Fernando Nobre ainda há pouco tempo era apoiante do Bloco de Esquerda e entra agora nas listas de um partido colocado no lado oposto do espectro político. Demagogia, porque afinal todo o discurso que o mesmo apregoou durante as eleições presidenciais era afinal “conversa fiada”. Vaidade, porque o mesmo se considera tão superior que o simples cargo de deputado não lhe serve, para ele só serve o de Presidente da Assembleia da República.
Bem, resta dizer que, como não lhe deram um tiro na cabeça, o mesmo em vez de ir parar a Belém foi parar a S. Bento.

Pedro Guina
Advogado

www.pedroguina.blogspot.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:12





calendário

Junho 2011

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930