Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



um em dois

por neves, aj, em 07.02.08

Photobucket... quase em três, ou por outras palavras como um adepto torcedor consegue estar atento a dois desafios de futebol disputados exactamente à mesma hora: ouvidos no Portugal-Itália (1-3) através da Antena 1 e olhos no Rep. Irlanda-Brasil (0-1) via TvGlobo e não sair do lugar para assistir logo de imediato ao Paulista-Portuguesa (1-1), este já a sério a contar para o Campeonato Estadual de S. Paulo, Séria A. Claro que durante aqueles dois encontros amistosos, particulares, amigáveis ou de preparação (diz ainda o povo "jogo a feijões") a televisão teve que estar 90 minutos em completa mudez, o que, e diga-se de passagem, foi uma autêntica benção já que nos livrou de aturar ascaganças de Galvão Bueno.
Se, porventura, houvesse vontade de escrever crónica boleira ela foi-se de imediato após mais esta pizzada italiana verdadeiro presente envenenado a um Scolari em aniversário de 5 anos à frente da Selecção das Quinas. Pois é. Parece que com a Itália nada a fazer caro Felipão, nem Nossa Senhora de Caravaggio de quem és crente te consegue valer. Como o problema é real e nada tem a ver com o sobrenatural não te pedimos que mudes de protector, mas sim que afines os pés aos teus pupilos que já têm uma certa obrigaçãozinha de disputar taco a taco, de igual para igual todo e qualquer desafio contra que selecção for. Bom, mas como foi a feijões a malta nem leva muito a peito. Certamente que hoje, Quinta-feira, principalmente à hora da bica ou em reuniões futeboleiras nas inúmeras barbearias espalhadas do Minho ao Algarve não esquecendo as da Madeira e Açores, te fizeram a barba, cortaram-te na casaca e xingaram-te até dizer basta, mas amanhã é outro dia e já ninguém se vai lembrar da derrota e muito menos dos trinta e tal anos em que não sabemos o que é vitória sobre os transalpinos... excepto, claro, aqueles jornalistas teus amigos da onça ou de Peniche que esperam pacientemente como urubus que tu te vás abaixo das canetas. Põe-te a pau, pá.
Bom, mas ainda há muito tempo para olear a máquina. Vamos com calma, que até Junho muita água passará sob as pontes e muitas arestas podem ser limadas. Para mais não esqueçamos que os nossos bravos vão carregar baterias em estágio feito na mui bela cidade de Viseu no coração da nossa Beira (Alta).
Sobre o desafio do Brasil também não nos vamos pronunciar. O que é certo é que foi um bom teste contra uma equipa possante fisicamente e com formação onde faltaram peças importantes, o Brasil fez o que o futebol exige: venceu.
Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketQuanto à Portuguesa de Desportos lá vai indo, não cantando nem rindo, mas também não chorando. Mais um empate que não ata nem desata e que nos preocupa: é que uma derrota pode atirar a Lusa para a zona de rebaixamento, o inferno de onde se torna difícil de sair.
Ergue-te aí ó Lusa em nome dos teus egrégios avós.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:54


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.




calendário

Fevereiro 2008

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829