Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Visitas do Voz

por neves, aj, em 02.05.08

PhotobucketSeja dito que a imagem dos dois gráficos que acompanha a entrada está cá mais para embelezar e em atitude apelativa, apesar dos ditos serem reais e referentes às visitas mensais desde o início do ano quer na Casa-Mãe quer no Voz 2. Os mais curiosos que não resistirem à tentação de clicar sobre a dita imagem verificarão então que, à parte a pobreza franciscana dos totais, o número de visitas vem em crescendo e que o mês de Abril teve um assinalável acréscimo nos três ramos, principalmente no número de páginas visitadas e especialmente no nosso primeiro Voz do Seven, a Casa-Mãe, que curiosamente é aquele que consideramos como filho. Paradoxo? Talvez, mas quem não possuir contradições no seu currículo pensamos nós que não vive por si, antes sim alinha com as outras marias.
A interrogação que se nos colocou de imediato foram as razões que levaram a este aumento em Abril e logo nas semanas 3 e 4 como nos atestam os respectivos gráficos semanais que não publicamos por acharmos irrelevante já que afinal vocês também têm de acreditar em alguma coisa que dizemos. Voltemos à nossa e um pouco atrás para percebermos o que nos levou a fazer esta entrada. Acontece que o sítio que nos permite as estatísticas também nos esclarece sobre o ponto do globo onde se encontra o visitante, o servidor e algumas das vezes a instituição de onde partiu a busca e constatámos que durante o citado mês de Abril essas visitas que vieram a nós partiram de Escolas Públicas em Portugal. Ficámos, como se compreende, radiantes em felicidade e mais ainda por as páginas visitadas estarem relacionadas com Abril, não ao mês propriamente dito, mas à
Revolução de Abril, em queGrândola, Vila Morena e E Depois do Adeus tomaram a dianteira. Como estas páginas fazem parte de um dossier, o Dossier Abril, acreditamos que um ou outro jovem tenha tido a ousadia e a curiosidade de navegar, aprendendo assim um pouco mais ao mesmo tempo que nos satisfez o ego, a todos nós "equipa do Voz", por vermos que vale a pena investigar, escrever, publicar.
Resta dizer, em desabafo, que nem tudo corre mal no reino lusitano e que, afinal, nem todos são ou querem ser ignorantes.
Ah... mas não julgueis que nos esquecemos deles: Ave professores que não deixam cair no esquecimento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:11




calendário

Maio 2008

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031