Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Fortaleza flutuante

por neves, aj, em 04.07.08

PhotobucketCarregar e transportar sobre as ondas é com ele... e se mais houvera, mais transportaria. Para ele toneladas é igual ao litro, ao quilo desculpem. Parece assim não restarem dúvidas  algumas que este monstro de linhas tão inusitadas é capaz de levar meio mundo para o lugar do outro meio. Em apresentação de slides consideram-no, em companhia de mais três, como uma das maravilhas da engenharia do século XXI. Claro que concordamos e se escolhemos para destaque o enorme navio mercante, em prejuízo das demais maravilhas, foi simplesmente porque a par da monumental potência dos seus motores usa uma técnica de carregamento tão simples que até parece brincadeira. Digamos que, e se nos é permitido, um pouco à semelhança da espectacular, mas também simples, técnica das eclusas que nos agarram a atenção durante horas, embora aqui com o nosso gigante a trabalhar em alto mar a água e a sua força impulsora não sejam aprisionadas.
Verdade. Sabeis então já como é que o navio menor, aparentemente um navio de guerra (corveta ou coisa assim) foi parar ao convés da fortaleza? Comprovem-no em
ENGENHARIA MARAVILHOSA do nosso século e deliciem-se também com as outras maravilhas entre as quais a auto-estrada impossível e uma autêntica alucinação, não sabendo nós se rodoviária ou fluvial.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:19


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.




calendário

Julho 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031