Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tobi, o sobrevivente

por neves, aj, em 08.11.07

CLICAR PARA AMPLIARO seu nome é Tobi e foi notícia porque dois dias após a tragédia e quando já não se esperava encontrar vida nos escombros ele lá estava acuado debaixo da cama de seus donos tremendo como varas verdes. Tobi, apesar da sua condição de cachorro, deve assim também ser considerado um dos sobreviventes do grave acidente de aviação [fotos,infográfico] que no Domingo dia 4 de Novembro abalou S. Paulo em particular um pacato e familiar bairro da região da Casa Verde na zona norte da cidade e que causou oito vítimas mortais, os dois tripulantes da pequena aeronave e seis pessoas da mesma família que se encontrava em fraterna reunião dominical. Recorde-se que logo após a ocorrência da tragédia se constatou a existência de dois sobreviventes, duas meninas: a pequena Laís de 11 anos que hoje já foi à Escola e a Cláudia de 16 anos que dada a gravidade dos ferimentos ainda se encontra internada. Recuperação rápida para ambas, é o nosso desejo aqui expresso de forma carinhosa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:05

Ti Isabel, 100 anos

por neves, aj, em 08.11.07

CLICAR PARA AMPLIARNão conhecemos pessoalmente a D. Isabel Rosado, uma senhora de Porto Rico, mas a sua condição de centenária em dia de nosso aniversário faz dela figura honorária do Voz do Seven.
Com carinho endereçamos assim os parabéns à aniversariante que, como a imagem (ampliar) nos dá a entender, comemorou com muita gente à volta e muita alegria os seus 100 anos de vida e fica ainda o desejo sincero de que outras entradas futuras tenham aqui lugar neste nosso espaço.
E bem a propósito, muito a propósito, aqui fica esta versão de Parabéns a Você em ritmo de folclore e que encontrámos noesnips em espaço de emigrante luso por terras de França.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:47

Charme

por neves, aj, em 08.11.07

O Nobel de Literatura, José Saramago, esteve (parece-nos que ainda está) por terras das pampas. O aspecto adoentado que aparenta não o impediu, contudo, de distribuir charme levando em conta a expressão entusiasta da recém-eleita Presidente da Argentina.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket 
clicar na foto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:43

Seriam 86 anos

por neves, aj, em 06.11.07

(a ideia inicial era apenas oferecer flores, rosas, mas inexplicavelmente entrei em campos movediços quiçá perturbadores de algumas convicções, porque talvez tivesse sentido necessidade de desabafar de botar p'ra fora que por exemplo essa coisa de destino de hora pré-determinada é pura treta e que me estou a borrifar para essa coisa de alguém ser chamado por ser bom (boa, no caso) com que me encheram os ouvidos... não me quereis mal por estas palavras que vos deixo que são como que divagações inesperadas que me vêm à mente e que sem medo, não me julgando audaz, escrevo porque afinal é o que penso e se necessidade houver de pedir perdão sinto-me desde já perdoado porque toda a mãe perdoa os desabafos de um filho)

Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketSe na roleta da vida o número sinistro da morte não tivesse saído tão prematuramente, minha mãe completaria hoje, dia 6 de Novembro, 86 anos e talvez comêssemos juntos a fatia de bolo a que eu ontem tinha direito, afinal como era costume fazermos.
Indignado, revoltado e sem discernimento para entender, não me cansei na altura de acusar o croupier (crupiê) de trapaceiro e também de injusto perante a juventude da rosa ainda em flor e livre de maus hábitos, que, por sinal, até era fiel seguidora e cumpridora das regras que ele impunha. Hoje, de mente mais madura, consegui livrar-me da revolta mas, e por ser verdade não o nego nem temo em dizê-lo, ainda não fiz as pazes com o croupier e que seja o destino a determinar se algum dia farei. Iluminado pela luz da ciência, pela sabedoria lógica e palpável dos homens passei então a entender que no meio de tanta divisão e multiplicação dos milhões e biliões de constituintes microscópicos do nosso organismo algo pode correr mal e por causas diversas o bom tornar-se ruim para o próprio organismo, células normais transformarem-se em malignas, tal como teria acontecido com Abel e Caim que embora filhos da mesma massa herdaram ideais completamente opostos... e nesta luta do bem e do mal que nada tem de sobrenatural e que constantemente se passa no nosso organismo físico, minha mãe não teve a sorte que merecia.

Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketPhoto Sharing and Video Hosting at PhotobucketPhoto Sharing and Video Hosting at Photobucket

Foi pena, continuo a lamentá-lo imenso e por vezes em sonho acordado, quiçá em busca de inspiração, imagino como seria gostoso passar minha mão na sua face enrugada ao mesmo tempo que a sua cultura simples e popular fosse moldando os textos que publico, afinal como fazia com as redacções ou composições que com (bastante) dificuldade eu lá ia construindo nos meus tempos de escola...
É irreal, é, mas tenho todo o direito de sonhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:27

Sinais

por neves, aj, em 05.11.07

Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketEra Sábado naquele 5 de Novembro de 1955. Reza a Certidão que seriam 13 horas quando apareci. Boa hora, convenhamos. Hora de almoço. Como trazia comigo uma reserva de quase cinco quilos acumulada durante nove meses tinha que começar a tratar dela, ora então. Consta que as freirinhas do então Hospital da Misericórdia (hoje "casa de cuidados últimos"... paradoxos) até se passaram quando tomaram em mãos o matulão de 4,750 quilogramas. Minha mãe teria então respirado aliviada. Pudera. Obrigado mãe e desculpa lá pelo sofrimento. Contudo não me posso considerar de todo culpado por ter engordado tanto.
Hoje estou mais elegante, quer dizer não tão cheinho como poderia sugerir o aspecto do bolachudo recém dado à luz. A careca mantém-se, só que nasceram-me pêlos na cara que teimo em não rapar, só aparar. E dia após dia o espelho diz-me que a proporção de grisalhos é maior. Sejam bem vindos. A pele já não estará tão lisa e um dia até vai engelhar resistindo a todos os cremes descobertos até então e a inventar. Problema nenhum. Os pêlos das sobrancelhas agora já crescem mais e não tardará nada que os das orelhas e nariz também os imitem. São sinais do avanço. Mas é apenas mais uma tarefa para o barbeiro/cabeleireiro. Enquanto a visão vai enfraquecendo cansada, toma força a mais célebre das expressões: onde estão os meus óculos? Creio não ser problema de memória, antes sim distracção a rodos. O primeiro que atire a primeira pedra. Talvez um dia tenha que andar com aparelho auricular pendurado nas orelhas. Estou crente que deve dar para ouvirJoe Dassin. Ademais será problema para quem necessitar de comunicar comigo, ora. A vida está assim feita. Cada ano que se coloca aos ombros lá vai aparecendo mais um sinal... e, como diz Lobo Antunes, até já nem posso passar sem a sopita.

Que se dane, venham daí mais sinais para acrescentar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:47

Dança com helicópteros

por neves, aj, em 03.11.07

Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketA cidade não necessita de apresentação, como será desnecessário dizer que estamos perante mais uma acção da Polícia em "morro" qualquer e achamos que não é preciso ser vidente para saber que é contra o tráfico de drogas.
É o habitual.
Mas não estamos aqui para falar sobre tiros, mortos e feridos, prisões, comércio e escolas fechadas, pessoas acuadas e balas perdidas nem sequer dissertar sobre a falta de soluções para erradicar de vez a violência na cidade maravilhosa quer da parte das autoridades quer até da parte do próprio Cristo Redentor que lá no alto do Corcovado parece antes justificar-se de nada haver a fazer ao invés de estar pronto a receber os problemas como os braços abertos poderiam sugerir.... oremos para que a Copa 2014 já com sede confirmada no Brasil tenha mais poder.
Bom, vamos ao que interessa. Hoje estamos aqui para falar de helicópteros.
Não propriamente das suas qualidades técnicas ou facilidade de movimentação, nem da preciosa ajuda que prestam às instituições (caso da imagem publicada) ou às populações principalmente em risco e muito menos das suas capacidades como arma mortífera. Hoje estamos aqui para falar da beleza dos helicópteros e não é propriamente através de palavras já que segundo dizem uma foto vale por mil delas. E graças a um amigo, queremos então dar-vos a observar imagens espectaculares de helicópteros em autêntica dança nos ares deste mundo. As imagens são de tal forma belas que têm muito de enigmático, perguntando-nos nós como é possível que tanta hélice ou pás não se toquem, isto se levarmos em conta que as fotos são completamente inócuas, sem truques, o que na verdade nos custa a acreditar.

Ficção ou realidade que interessa? O que para aqui conta agora é relaxar e gozar se possível for. E para aqueles que assistiram Apocalipse Now, o imortal filme que aborda a guerra na Indochina, Voz do Seven reservou-lhes ainda um presente mui especial: a colocação da música de Wagner na apresentação em slide dessas fotos que retratamDança com Helicópteros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:50

Santos, Finados...

por neves, aj, em 01.11.07

Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketPara quem deixou há muitos anos a esta parte, bastantes mesmo, de cumprir a tradição de rumar aos cemitérios neste dia 1 de Novembro até parece um verdadeiro contra-senso escrever no Dia de Todos-os-Santos e, ainda por cima, colocar uma foto de meus pais emoldurada por duas flores, duas inevitáveis rosas vermelhas.
Dirão vocês que finalmente os cinquenta anos me deram o juízo que tem andado tão arredio... talvez não, já que a minha posição no cumprimento deste ritual continua a mesma. Não sei porquê (mas até tem a sua lógica) sempre associei este dia de vigília junto às sepulturas com os velórios e como eu fujo deles talvez seja essa a razão de continuar sem vontade alguma de alinhar neste costume tão antigo que infelizmente entrou nos caminhos modernos do mercantilismo. Não se vá pensar, no entanto, que tenho pavor à morte ou que os mortos me assustam, o que me horroriza num velório é o aparato construído pelos vivos: as velas e o cheiro a cera, a disposição macabra das cadeiras, os olhares lancinantes, as toneladas de ar sobre as cabeças e (principalmente talvez) os sussurros rumorejantes e enervantes de conversas em conferência tantas vezes desorbitada.
Bom, em prol do senso ou contra ele, a verdade é que me lembrei do Dia de Todos-os-Santos e de meus pais, independentemente de por aqui no Brasil não ser feriado já que a romagem aos cemitérios será amanhã, Dia de Finados, este sim com honras oficiais.

Neste vai e vem de recordações, deu-me para "brincar" no computador com uma foto de meus pais, a mais recente que possuo sendo que este recente se reporta a quarenta anos já que me dá ideia que o retrato teria sido feito no dia em que meu pai Zé Neves atingiu o seu cinquentenário de vida. E foi durante esta "brincadeira" que me surgiu a vontade de fazer entrada nem tanto para presentear meus pais com as rosas (outros dias muito mais importantes existem) antes sim para vos apresentar, em alegria, uma expressão de minha mãe Rosa que a minha memória teimava em não encontrar (afinal já lá vão 31 anos) e de vos revelar o quanto me encheu de felicidade esta "descoberta" que a tecnologia do mais contraste, menos brilho ou mais gama me proporcionou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:26

RTPinternacional

por neves, aj, em 01.11.07

 RTPinternacional

A RTPi necessita da instalação de um plugin, o octoshape. É de modo bastante simples e pode ser efectuado a partir do sítio RTP (abaixo) ou directamente da nossa ligação (também abaixo). Faça salvar e coloque o arquivo do aplicativo numa pasta à escolha e depois instale clicando neste arquivo. Para uma maior tranquilidade prevenindo eventuais "problemas" faça antes da instalação um Ponto de Restauração (sempre reversível) no seu computador (iniciar -> programas -> acessórios -> ferramentas do sistema -> restauração do sistema).

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

PROGRAMAÇÃO
Europa     América     Ásia

download octoshape

ASSISTIR
sítio RTP     octoshape

Para assistir à RTPi tem duas "entradas":
– indo ao sítio RTP indicado onde encontrará ecrã de pequenos dimensões. Para tela inteira colocar o cursor sobre o ecrã, clicar no botão direito do rato/mouse e impressionar no devido local. Se aparecer janela de erro, pedindo instalação do plugin que já está instalado, é só abrir o octoshape.
– indo pelo octoshape pressionando sobre o símbolo que passará a estar (após instalação) na área de trabalho ou desktop do monitor. Esta segunda opção dá acesso a outras emissoras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:49

Pág. 3/3




calendário

Novembro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930