Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Brasil, eleições 2008

por neves, aj, em 04.10.08

Domingo, 5 de Outubro

AMPLIARAmanhã dia 5 de Outubro vai haver eleições em todo o território brasileiro, excepto no Distrito Federal e em Fernando de Noronha porque não possuem municípios. São portanto eleições municipais, autárquicas como são comummente chamadas em Portugal. Serão mais de 128 milhões os eleitores que irão escolher os Prefeitos (Presidentes de Câmara Municipal em Portugal) e respectivos Vices de 5 563 Municípios e os 52 137 Vereadores das Câmaras Municipais (que em Portugal tomam o nome de Assembleias Municipais).
Ao contrário de Portugal, aqui no Brasil o voto é obrigatório sendo necessária a justificação da falta de comparência sob pena de perda de direitos entre os quais, por exemplo, a possibilidade de tirar passaporte. A eleição do Prefeito e do Vice é directa e por maioria de votos (majoritária) ou seja é eleito o candidato mais votado tal como de umas eleições presidenciais se tratasse, eleito por maioria simples em municípios com menos de 200 mil eleitores e por maioria absoluta nos municípios onde esse número de eleitores for superior. Caso essa maioria absoluta (50% mais um voto) não for conseguida neste dia 5 de Outubro haverá necessidade de um segundo turno (segunda volta pelas bandas lusas) no Domingo dia 26 de Outubro entre os dois candidatos mais votados e então agora sairá vencedor o que obtiver o maior número de votos (maioria simples).
CLICARJá a eleição dos vereadores é por sistema proporcional, não pelo método de Hondt usado em Portugal, mas por uma forma um poucomais complexa de modo que minorias possam ter direito a assento. Atente-se que o eleitor pode escolher o seu próprio vereador que no entanto pode não fazer parte da lista (da legenda) do candidato a prefeito no qual pretende votar.
A votação é feita em urna electrónica. Inicialmente o eleitor vota no Vereador da sua preferência marcando o número correspondente ao candidato e depois confirma. Seguidamente tecla o número do candidato a Prefeito e confirma novamente. Pode o eleitor marcar unicamente o número do Prefeito e automaticamente estará também a votar nos vereadores que fazem parte da lista do partido do Prefeito.
Resta informar que a identificação do eleitor é feita antes de se dirigir à urna electrónica através da apresentação do título de eleitor (ou na sua falta outro documento com fotografia) na seção eleitoral (pronunciado como sessão) a que pertence, afinal a secção de voto (o c é pronunciado) em perspectiva lusitana, mas nestas eleições vai ser feita uma experiência piloto em três municípios (Colorado do Oeste-RO, Fátima do Sul-MS e São João Batista-SC) de identificação através das impressões digitais em leitor biométrico.
A imagem superior mostra-nos a urna electrónica (já tradicional) com a inovação apontada, o leitor biométrico.



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:06




calendário

Outubro 2008

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031