Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



3 anos

por neves, aj, em 01.04.07

1 de Abril de 2007

Há 3 anos metemo-nos nisto.
A brincar e sem projecto algum.
Com a curiosidade aguçada só queríamos saber como se colocava uma página na rede.
Entretanto, o entusiasmo e o desafio surgiram, apesar de que no início andámos completamente às aranhas. Acreditai. Valeram-nos a equipa do weblog e alguns amigos.
O Voz do Seven muito lhes pertence.
Aquele agradecimento.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
fun on stage

Verdade seja dita que de início lamentámo-nos por termos escolhido o weblog.com.pt. Ao contrário da maioria dos sítios hospedeiros como o blogger ou o sapo, neste é imperioso colocar as entradas em linguagem html. Tivemos que buscar, procurar e ler bastante. Aprendemos alguma coisa. O trabalho com cada uma das entradas era enorme e cansativo e, na correcção, perdíamos horas à procura dos erros cometidos, mas num momento de felicidade  descobrimos que o programa FrontPage fazia a conversão para aquela linguagem. Tornou-se, assim, menos trabalhoso, muito menos, e é onde agora mesmo estamos a escrever, só se tornando necessário fazer uns retoques para darmos aquele cunho especial que afinal passa a identificar-nos. Recuando no tempo fomos ao arquivo ler as mensagens trocadas com a equipa do weblog.pt e não pudemos deixar de esboçar um sorriso... vejam só que logo após a nossa inscrição e já com o endereço electrónico do Voz nas mãos (a url) não sabíamos sequer entrar no seu âmago, naquilo que chamamos nós de esqueleto... do outro lado do Atlântico, o Paulo Querido enviou a palavra salvadora a acrescentar: privado. Queimámos a pestana durante dias, semanas, às voltas com o raio dos templates (os modelos), depressa correu um mês e depois de o nosso xará da Vila Dianteira nos ensinar a hospedar fotos, resolvemos então marcar a inauguração oficial do Voz para 1 de Abril, propositadamente por ser o Dia das Mentiras. Corria o ano de 2004.

Contudo, o Voz tornou-se uma verdade e nele não se escrevem mentiras nem se especula, embora, confessamos, muita coisa que nos corre nas veias seja propositadamente enviada (pelo censor que ganhou senso) para a gaveta dos pendentes que, tantas vezes, se tornam eternamente esquecidos... tudo em prol da harmonia entre as gentes e acima de tudo em prol do amor  emparedado em terras beirãs. Não se julgue que é medo, como, provavelmente, ajuizaram os autores dos dois mails que recebemos "criticando-nos" por não focarmos os acontecimentos últimos na nossa terra-mãe, matéria mais que inevitável para ser comentada por um santacombadense. Não o fizemos... por ora. A seu tempo, talvez. Razões? Provavelmente por a matéria estar em fusão e necessite ainda de passar por uma calmaria. Que arrefeçam as  paixões, já que de paixão se trata, porque quem deseja voltar aos tempos da sardinha a dividir por três que nos eram relatados por nossos pais? Nossos pais não nos mentiriam certamente e o verdadeiro êxodo de portugueses em busca de pão em países estrangeiros é prova evidente. Sempre em cima, o maléfico censor manda-nos agora calar (à boa maneira de outros tempos) e impõe-nos para nem sequer falarmos do isolamento (na Europa e no Mundo) a que estávamos votados e para nem sequer lembrar aos mais novos que, numa tentativa vã e orgulhosa de manter um regime político obsoleto e economicamente falido passe o ouro armazenado, foi alimentada uma guerraparanóica e completamente desnecessária que matou milhares de jovens e estropiou outros mais, jovens que na altura eram tão jovens e sonhadores quantos os de agora.

Já entenderam a nossa luta, caros leitores? Fiquemos então agora por aqui... agradecendo, no entanto, a abertura dada pelo nosso censor permitindo assim ao redactor que ele mostre publicamente, entre linhas e aos pedaços, a sua maneira de ver as coisas.

Ah... e osparabéns?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:38


2 comentários

De filhex a 06.04.2007 às 10:42

Parabens ao voz e em especial ao seu mentor!
e claro ao querido pê-a-i que se funde com o último;)
espero e acredito e não desisto de querer ver este site ganhar vida pela pena e pelo papel!
beijo
*filhex*

De António a 05.04.2007 às 10:50

Parabéns Neves: pelo blogue e pelo comentário regional! Muitos anos! Um abraço "cá de casa"!

Comentar post




calendário

Abril 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930