Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Entrudo em Lazarim

por neves, aj, em 13.03.10

[fora de tempo tem melhor sabor]

Lazarim é freguesia pertencente ao município de Lamego, onde demos aulas, mas curiosamente situada mais próximo da vila [também concelho ou município] de Tarouca, onde residimos durante um ano. Se a estes ingredientes acrescentarmos a permanência de maismeia-dúzia de anos por outras terras do Douro-Sul onde granjeámos várias amizades sendo uma delas [bem forte na altura] residente em Lalim, uma aldeia próxima a Lazarim, então estamos em condições de dizer que conhecemos bem a região e que, inevitavelmente, num dado ano fomos assistir ao Entrudo em Lazarim. [ver mapa]
Ousado ou mesmo indecente para mentes mais puritanas este Entrudo que não deve ser chamado de carnaval é diferente e único em Portugal. Hoje trazemo-lo aqui por mero acidente, porque quando esbarrámos com este vídeo não podíamos ficar indiferentes.

mais vídeos do Entrudo de Lazarim

Lamentavelmente mesmo os ouvidos mais argutos terão certa dificuldade em perceber o que os testamenteiros, a comadre e o compadre, dizem, mas mesmo assim dá para entender de onde virá o ditote "no Carnaval nada parece mal", já que por esta altura desde os tempos de antanho são ditas publicamente, sem cuidado absolutamente algum na linguagem, as verdades e as poucas vergonhas passadas dentro de uma dada comunidade [curiosamente na nossa ditosa Santa Comba Dão havia umas lengalengas um tanto ao quanto parecidas cremos que botadas da boca pra fora pelo padre durante o enterro da carne [?] em Quarta-feira de Cinzas, mas a memória atraiçoa-nos].
Rematamos com uma chamada de atenção para essas espectaculares obras de arte que são as máscaras do Entrudo de Lazarim, talhadas [em absoluto segredo] em peça única de madeira de amieiro pelos próprios que as vão usar [os caretos].

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:05


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.




calendário

Março 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031