Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



As pulseiras da brincadeira

por neves, aj, em 12.05.10

Nalgumas cidades do Brasil decretou-se pela proibição do uso das pulseiras da moda que teriam surgido em Inglaterra e onde eram [ou são] motivo de uma brincadeira chamada [por lá] Snap. Diz-nos a Revista Atrevida 15 anos que a "coisa" funciona mais ou menos assim: "...a garota usa várias pulseiras e um menino tenta arrebentar uma delas. Dependendo da cor da pulseira que ele romper, ela deverá contribuir com um determinado carinho. Ou seja, cada cor representa uma prenda, que vai desde um abraço até (pasmem!) a relação sexual..."

Photobucket
clicar para aceder à reportagem

Ora está na cara que nenhuma adolescente no feminino desejaria ter algo mais com o rapaz para além de um beijito ou abraço de intervalo de aulas [ressalvando-se uma ou outra execpção, rara como acreditamos] e a situação podia complicar-se se o rapaz levasse a coisa a sério. Os jornais falaram de abusos e até de estupros por culpa das pulseiras coloridas o que teria levado, assim, as tais cidades a tomar aquela atitude tão fundamentalista.
Remate-se que em verdade nem sabemos se esta entrada vem a destempo e se transportará interesse nomeadamente para o pessoal mais velhote, já que faz ligação a leitura em revista juvenil, mas pela nossa parte achamos que é sempre interessante [e útil] sabermos como os nossos jovens [os da actualidade] pensam e reagem aos estímulos que a "sociedade dos grandes" lhe oferecem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.




calendário

Maio 2010

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031