Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Voz de Papa

por neves, aj, em 30.07.07

CLICARJuramos a pés juntos que estaentrada nada tem a ver com uma anterior quecolocámos no Voz do Sevensapo.pt, já que é certo e sabidoque o Papa Bento XVI nada quer compreservativos, condenando inclusive o seu uso... posições firmes e radicais,digamos que fundamentalistas, completamentefora do mundo real que vivemos mas que a liberdade de opinião (e de escolha)que defendemos nos leva a admitir.
O que nos leva a fazer estareferência a
Sua Santidadeé o aparecimento na nossa mente de uma dúvida, acentuada diga-se, perguntando-nos serealmente tudo irá bem por Roma, se os assessores papais são fiéis, se naverdade possuem capacidade para desempenhar o cargo ou se o Vaticano sofre, por vezes, de amnésia.
Passamos a explicar:
– numbelo dia vem o assessor pessoal (do Papa) falar-nos da ameaçado islamismo ao alertar-nos contra os perigos da sua expansão pregando então que "... não podemos negar as tentativas doislamismo de se estender pelo Ocidente e não deveríamos ser muitocompreensivos a ponto de não ver que isso ameaça a identidade da Europa".
– passadosuns dias eis que, pela sua própria voz, o Papa Bento XVI vem pedir alibertação de reféns que se encontram nas mãos de militantes islâmicos doAfeganistão, os apelidados rebeldes talibãs ou talibans.
Quer dizer:primeiro trata-se de lançar bases para a formação de uma nova cruzada contrao mundo islâmico e depois vai-se pedir aos seus seguidores que sejam bonsrapazinhos? 
Não dá para entender.
Sinceramentecremos que esta Voz de Papa, mesmo que chegue ao Céu, não vai chegar a maislugar algum. Por outro lado, acreditamos que não seria mau de todo que osassessores aprendessem alguns provérbios, como este que não sei se é deexclusividade lusitana e que já conhecemos desde a infância: não é com vinagre que seapanham moscas.

Parece que não nos enganámos, no entanto admitimos que toda esta nossa prosa poderá ir por água abaixo setal pedido tiver sido construído por palavras meramente circunstanciais...custa a acreditar, mas... vá lásaber-se.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:40




calendário

Julho 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031